Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Posto é lacrado no Centro de Diadema


Renato Castroneves
Especial para o Diário

03/09/2010 | 07:07


Representantes da Fundação Procon lacraram ontem de manhã um autoposto que comercializa combustível da distribuidora BR, da Petrobras, no Centro de Diadema. O estabelecimento, localizado na Rua Antônio Piranga, em frente à Igreja Matriz, vendia gasolina adulterada. O gerente do posto foi preso em flagrante.

Análises de três tipos de combustível - álcool, gasolina comum e aditivada - foram realizadas no local. Segundo o Procon, a concentração de álcool na gasolina comum estava acima do permitido.

"Encontramos uma mistura com 55% de álcool. O resultado está muito acima da recomendação, que é de 25%", disse o supervisor técnico do Procon Luciano Sousa.
Uma série de reclamações de clientes em relação ao desempenho dos veículos motivou a fiscalização.

O litro da gasolina comum era vendido por R$ 2,249. O valor é inferior ao praticado pelos postos de Diadema.

As amostras recolhidas foram encaminhadas para o laboratório químico da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), onde será realizada a contraprova. Caso o resultado se repita, a licença do posto passará por avaliação da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo.

‘COMUM'
Para o delegado seccional de Diadema, Cosmo Stikovics, é "comum" posto com bandeiras de grandes distribuidoras comprarem combustível de empresas clandestinas.
"Muitas vezes o abastecimento é realizado durante as madrugadas para dificultar a fiscalização", explicou o delegado.

O dono do estabelecimento não foi encontrado para comentar o flagrante de irregularidade.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;