Fechar
Publicidade

Sábado, 30 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Muhammadu Buhari é reeleito presidente da Nigéria



27/02/2019 | 02:36


O atual presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, venceu a eleição realizada no sábado, 23, segundo os resultados finais divulgados pela comissão eleitoral nesta quarta-feira, 27.

O ex-ditador militar Buhari foi reeleito para um novo mandato com 15,1 milhões de votos, ou 55% do total, uma diferença de quase 4 milhões de votos sobre o principal candidato da oposição, o ex-vice-presidente Atiku Abubakar, que recebeu 11,2 milhões de votos. A participação nacional média no pleito foi de 35,6%.

Em um esforço de última hora para anular a declaração oficial, o partido de Abubakar alegou que os dados haviam sido manipulados e exigiu novas eleições em quatro dos 36 estados da Nigéria. O partido de Buhari rejeitou as acusações.

Ainda não se sabe se Abubakar contestará oficialmente o resultado do pleito. Segundo o ex-embaixador dos EUA na Nigéria John Campbell o processo conturbado da eleição deu aos candidatos motivos para recorrer aos tribunais. Segundo grupos da sociedade civil, 53 pessoas foram mortas em meio à violência desencadeada pelas eleições no país no último sábado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Muhammadu Buhari é reeleito presidente da Nigéria


27/02/2019 | 02:36


O atual presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, venceu a eleição realizada no sábado, 23, segundo os resultados finais divulgados pela comissão eleitoral nesta quarta-feira, 27.

O ex-ditador militar Buhari foi reeleito para um novo mandato com 15,1 milhões de votos, ou 55% do total, uma diferença de quase 4 milhões de votos sobre o principal candidato da oposição, o ex-vice-presidente Atiku Abubakar, que recebeu 11,2 milhões de votos. A participação nacional média no pleito foi de 35,6%.

Em um esforço de última hora para anular a declaração oficial, o partido de Abubakar alegou que os dados haviam sido manipulados e exigiu novas eleições em quatro dos 36 estados da Nigéria. O partido de Buhari rejeitou as acusações.

Ainda não se sabe se Abubakar contestará oficialmente o resultado do pleito. Segundo o ex-embaixador dos EUA na Nigéria John Campbell o processo conturbado da eleição deu aos candidatos motivos para recorrer aos tribunais. Segundo grupos da sociedade civil, 53 pessoas foram mortas em meio à violência desencadeada pelas eleições no país no último sábado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;