Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Ação, enfim


Valéria Cabrera
Do Diário do Grande ABC

18/02/2006 | 09:17


O clima sonso visto nos capítulos de Belíssima (Globo, 21h) nos últimos dias dá lugar a muita ação a partir de hoje, quando Júlia (Glória Pires) flagra o romance entre seu marido André (Marcello Antony) e sua filha Érica (Letícia Birkheuer). A modelo passa a perseguir o amante após ser rejeitada e o ameaça de morte com uma arma.

A cena do flagrante começa hoje e se desenrola no capítulo de segunda-feira, quando Júlia bate em André e o expulsa de casa. Como se nada tivesse acontecido, ele aparece na Belíssima para trabalhar e, durante uma reunião de diretoria, o ex-operário é demitido. Humilhado, faz ameaças a Júlia dizendo que ela ainda vai se arrepender de tê-lo tratado dessa forma.

Érica deixa a mansão e procura André com o objetivo de continuar o romance, mas não é bem recebida. Ouve do amante que o caso deles acabou e é expulsa do quarto de hotel onde André está hospedado. Érica se desespera e tira um revólver da bolsa, ameaçando-o de morte. André consegue desarmá-la, mas a moça não vai aceitar perder a jogada. Ela ameaça entregar um dossiê que o incrimina para a imprensa.

Enquanto André tenta reverter a situação com Júlia, Vitória (Cláudia Abreu) tem uma grande notícia. O juiz decide que não há evidências para culpá-la da morte de Pedro (Henri Castelli). Isso ocorre após Júlia apresentar documentos que provam o envolvimento de Bia Falcão (Fernanda Montenegro) com Medeiros (Ítalo Rossi) e as pessoas que testemunham contra Vitória na Grécia.

No meio de toda a confusão, Gigi (Pedro Paulo Rangel) conta para Júlia que Bia teve um filho fora do casamento e que doou a criança logo depois do seu nascimento. A empresária fica indignada e pede para que Gigi faça de tudo para localizar o tio (ou tia) desaparecido.

Outra história que vai dar o que falar na próxima semana será o romance entre Ornela (Vera Holtz) e Mateus (Cauã Reymond). Ela conta sobre o romance para a sobrinha Giovana (Paola Oliveira), que entra em choque. Ornela também começa a pressionar o garoto para que conte para o resto da família sobre o relacionamento.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ação, enfim

Valéria Cabrera
Do Diário do Grande ABC

18/02/2006 | 09:17


O clima sonso visto nos capítulos de Belíssima (Globo, 21h) nos últimos dias dá lugar a muita ação a partir de hoje, quando Júlia (Glória Pires) flagra o romance entre seu marido André (Marcello Antony) e sua filha Érica (Letícia Birkheuer). A modelo passa a perseguir o amante após ser rejeitada e o ameaça de morte com uma arma.

A cena do flagrante começa hoje e se desenrola no capítulo de segunda-feira, quando Júlia bate em André e o expulsa de casa. Como se nada tivesse acontecido, ele aparece na Belíssima para trabalhar e, durante uma reunião de diretoria, o ex-operário é demitido. Humilhado, faz ameaças a Júlia dizendo que ela ainda vai se arrepender de tê-lo tratado dessa forma.

Érica deixa a mansão e procura André com o objetivo de continuar o romance, mas não é bem recebida. Ouve do amante que o caso deles acabou e é expulsa do quarto de hotel onde André está hospedado. Érica se desespera e tira um revólver da bolsa, ameaçando-o de morte. André consegue desarmá-la, mas a moça não vai aceitar perder a jogada. Ela ameaça entregar um dossiê que o incrimina para a imprensa.

Enquanto André tenta reverter a situação com Júlia, Vitória (Cláudia Abreu) tem uma grande notícia. O juiz decide que não há evidências para culpá-la da morte de Pedro (Henri Castelli). Isso ocorre após Júlia apresentar documentos que provam o envolvimento de Bia Falcão (Fernanda Montenegro) com Medeiros (Ítalo Rossi) e as pessoas que testemunham contra Vitória na Grécia.

No meio de toda a confusão, Gigi (Pedro Paulo Rangel) conta para Júlia que Bia teve um filho fora do casamento e que doou a criança logo depois do seu nascimento. A empresária fica indignada e pede para que Gigi faça de tudo para localizar o tio (ou tia) desaparecido.

Outra história que vai dar o que falar na próxima semana será o romance entre Ornela (Vera Holtz) e Mateus (Cauã Reymond). Ela conta sobre o romance para a sobrinha Giovana (Paola Oliveira), que entra em choque. Ornela também começa a pressionar o garoto para que conte para o resto da família sobre o relacionamento.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;