Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 25 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Pelé passa por cirurgia para retirada de cálculo renal e já está no quarto

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Internado no Hospital Albert Einstein, o Rei do Futebol havia sofrido infecção renal em Paris, na França



13/04/2019 | 12:37


Seguindo a programação do seu tratamento para um cálculo renal, Pelé passou por uma cirurgia na manhã deste sábado para tratar do problema. O Rei do Futebol está internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo, e já pôde ir para o quarto após a intervenção.

O ex-jogador do Santos e da seleção brasileira chegou ao Brasil na última terça-feira após sofrer uma infecção renal em Paris, quando participava de um evento com Kylian Mbappé no último dia 2 e se ressentiu de uma febre. Na ocasião, ele foi internado e medicado por cinco dias na França, onde seguiu internado até o início da semana.

De volta ao Brasil, o ídolo do futebol iniciou tratamento no hospital Albert Einstein e está sendo acompanhado pelos médicos Fabio Nasri, geriatra e endocrinologista, e Gustavo Caserta Lemos, urologista. Ele goza de boa condição física e inspira cuidados maiores por ter apenas um rim.

Atualmente com 78 anos, Pelé passa bem após o procedimento. Depois de liberá-lo para voltar ao seu quarto, os médicos acreditam que o Rei do Futebol possa ter alta em breve.

Por causa do problema de saúde, Pelé precisou cancelar sua ida a um evento em que seria homenageado na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, no último dia 7, onde o técnico da seleção brasileira, Tite, deu uma palestra.

Nesta semana, Pelé foi condecorado pela Conmebol com a máxima honraria concedida pela entidade. No marco do Congresso Ordinário realizado na cidade do Rio de Janeiro, a entidade anunciou que vai entregar ao ex-jogador a Ordem de Honra do Futebol Sul-Americano.

Ao justificar a distinção garantida ao Rei do Futebol, que receberá a mesma após ganhar alta dos médicos e deixar o hospital, a Conmebol ressaltou que este foi "um sinal de reconhecimento do excelente trabalho em seus anos de jogador, sendo um exemplo de vontade e dedicação por representar um modelo genuíno para as gerações futuras, demonstrando que através do esporte, e especialmente do futebol, você pode criar um cidadão".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pelé passa por cirurgia para retirada de cálculo renal e já está no quarto

Internado no Hospital Albert Einstein, o Rei do Futebol havia sofrido infecção renal em Paris, na França


13/04/2019 | 12:37


Seguindo a programação do seu tratamento para um cálculo renal, Pelé passou por uma cirurgia na manhã deste sábado para tratar do problema. O Rei do Futebol está internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo, e já pôde ir para o quarto após a intervenção.

O ex-jogador do Santos e da seleção brasileira chegou ao Brasil na última terça-feira após sofrer uma infecção renal em Paris, quando participava de um evento com Kylian Mbappé no último dia 2 e se ressentiu de uma febre. Na ocasião, ele foi internado e medicado por cinco dias na França, onde seguiu internado até o início da semana.

De volta ao Brasil, o ídolo do futebol iniciou tratamento no hospital Albert Einstein e está sendo acompanhado pelos médicos Fabio Nasri, geriatra e endocrinologista, e Gustavo Caserta Lemos, urologista. Ele goza de boa condição física e inspira cuidados maiores por ter apenas um rim.

Atualmente com 78 anos, Pelé passa bem após o procedimento. Depois de liberá-lo para voltar ao seu quarto, os médicos acreditam que o Rei do Futebol possa ter alta em breve.

Por causa do problema de saúde, Pelé precisou cancelar sua ida a um evento em que seria homenageado na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, no último dia 7, onde o técnico da seleção brasileira, Tite, deu uma palestra.

Nesta semana, Pelé foi condecorado pela Conmebol com a máxima honraria concedida pela entidade. No marco do Congresso Ordinário realizado na cidade do Rio de Janeiro, a entidade anunciou que vai entregar ao ex-jogador a Ordem de Honra do Futebol Sul-Americano.

Ao justificar a distinção garantida ao Rei do Futebol, que receberá a mesma após ganhar alta dos médicos e deixar o hospital, a Conmebol ressaltou que este foi "um sinal de reconhecimento do excelente trabalho em seus anos de jogador, sendo um exemplo de vontade e dedicação por representar um modelo genuíno para as gerações futuras, demonstrando que através do esporte, e especialmente do futebol, você pode criar um cidadão".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;