Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Relação custo-benefício

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Vagner Aquino
Do Diário do Grande ABC

22/08/2012 | 07:00


O motor é o 1.4 Evo de 85 cv (gasolina) e 88 cv, quando bebe etanol. O torque máximo, 12,5 mkgf - a 3.500 rpm. Números que resultam num 0 a 100 km/h em 12,5 segundos com o derivado da cana-de-açúcar no tanque.

Até então, nada demais, certo? Você deve estar se perguntando: "Mas o Nissan Versa e o Chevrolet Cobalt (concorrentes diretos) são mais potentes."

Verdade! No conjunto mecânico, não são os dados de desempenho que chamam a atenção no Grand Siena, mas no consumo. Durante a semana de avaliação, o modelo da Fiat chegou a ultrapassar os 10 km/l em trecho urbano, consumo comparável há alguns veículos com motor 1.0.

 

LIMITAÇÃO

Por falar em 1.0, aqui cabe um parênteses. Vale lembrar que a limitação física da baixa cilindrada tende a deixar esses motores gastões, dependendo da velocidade média, o que compromete a relação custo-benefício.

ALÉM DO CONSUMO

Mas não pense que a boa relação custo-benefício do Grand Siena se limita à mecânica, o sedã traz bom pacote de série. Por R$ 36 mil vem com freios ABS (antitravamento), air bag duplo, computador de bordo, faróis de neblina, travas e vidros dianteiros elétricos. Itens como CD player com MP3, bluetooth e entradas para USB e iPod, ar-condicionado e regulagem de altura para o banco do motorista estão na lista de opcionais.

Aqui, ponto para a ergonomia e para o conforto, assinalado pelos 2,51 metros de distância entre os eixos.

E carro familiar que se preze não pode falhar quando o assunto é porta-malas. Nele cabem 520 litros. Não é o maior do segmento (o Cobalt tem 563 litros), mas encara bem as viagens longas.

O acabamento também é bom, assim como o conjunto de suspensões.

Um ponto a melhorar são as trocas do câmbio manual de cinco marchas que, como todo Fiat, são um pouco folgadas... Falta aquela precisão vista em alguns concorrentes.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;