Fechar
Publicidade

Domingo, 19 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Reali diz que dificilmente aumentará proposta


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

05/07/2011 | 07:04


O prefeito de Diadema, Mário Reali (PT), afirmou que dificilmente irá majorar a proposta de reajuste salarial feita ao Sindicato dos Servidores Públicos. A despeito do estudo que será feito pelo Sindema em contratos supostamente superestimados, Reali reiterou as dificuldades financeiras da administração e falou que se houver aumento na oferta à categoria o valor acrescido será mínimo.

"O sindicato fala que há contratos superestimados, mas também temos contratos subestimados. Vamos ver o que eles vão nos apresentar, porém acho muito difícil alterar o quadro. Se aumentarmos a proposta, será coisa de vírgula", disse o chefe do Executivo. "Não tem como executar essa proposta deles de rever os contratos", emendou.

O petista comentou que pretende agendar reunião com o Sindema antes da audiência sindical, marcada para quinta-feira. "Quero ver se conseguimos avançar algumas discussões, chegar a um acordo. Há algumas reivindicações que podem ser negociadas".

A proposta da Prefeitura foi de 12,46% - fracionados em 2% por bimestre -, além de abono salarial de R$ 300. A categoria exige pelo menos 11% de aumento.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Reali diz que dificilmente aumentará proposta

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

05/07/2011 | 07:04


O prefeito de Diadema, Mário Reali (PT), afirmou que dificilmente irá majorar a proposta de reajuste salarial feita ao Sindicato dos Servidores Públicos. A despeito do estudo que será feito pelo Sindema em contratos supostamente superestimados, Reali reiterou as dificuldades financeiras da administração e falou que se houver aumento na oferta à categoria o valor acrescido será mínimo.

"O sindicato fala que há contratos superestimados, mas também temos contratos subestimados. Vamos ver o que eles vão nos apresentar, porém acho muito difícil alterar o quadro. Se aumentarmos a proposta, será coisa de vírgula", disse o chefe do Executivo. "Não tem como executar essa proposta deles de rever os contratos", emendou.

O petista comentou que pretende agendar reunião com o Sindema antes da audiência sindical, marcada para quinta-feira. "Quero ver se conseguimos avançar algumas discussões, chegar a um acordo. Há algumas reivindicações que podem ser negociadas".

A proposta da Prefeitura foi de 12,46% - fracionados em 2% por bimestre -, além de abono salarial de R$ 300. A categoria exige pelo menos 11% de aumento.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;