Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Claudinho ganha força após renúncias no PT


Cynthia Tavares
Especial para o Diário

02/07/2011 | 07:22


A novela do racha no PT de Rio Grande da Serra ganhou mais um capítulo nesta semana. Duas pessoas da executiva municipal ligadas ao candidato a prefeito em 2008, Carlos Augusto César, o Cafu (PT), renunciaram aos seus cargos.

A cúpula municipal é composta por sete integrantes, sendo que cinco apoiam o vereador Cláudio Manoel Melo, o Claudinho da Geladeira (PT), para concorrer ao Paço no ano que vem. "Discutimos com nosso grupo e achamos melhor sair. Há pessoas que não querem discutir", afirmou Cafu. As rusgas tiveram início depois que Claudinho lançou pré-candidatura, apostando no apoio da maioria. Cafu, por sua vez, não concordou com o anúncio, pois é a favor de prévias.

O presidente da sigla na cidade, Benedito Araújo, lamentou a saída das colegas. "Elas me disseram que não estavam mais se entendendo com o partido e por isso optaram pela renúncia. Mas elas continuam filiadas", considerou o petista.

O comandante não acredita que o fato evidencia racha no diretório. Claudinho reitera o discurso do correligionário. "O grupo do Cafu está com a gente, um exemplo é o Benedito. A saída é natural. A pessoa quando não atrapalha, já ajuda", declarou o parlamentar.

Porém, Cafu não esconde o descontentamento. "Falam que não tem racha, mas se aplica somente ao grupo deles, que não faz debate com a executiva. Decidem e depois querem passar o trator", criticou.

 

CONJUNTURA

No campo político e da construção da candidatura, tanto Araújo quanto Claudinho são indiferentes. "Estamos bem. Não altera", disse o presidente. Claudinho ressaltou apoio da maioria

Porém, a situação pode complicar. No mês que vem, o grupo de Cafu se reúne e não descarta lançar pré-candidato, forçando prévias.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Claudinho ganha força após renúncias no PT

Cynthia Tavares
Especial para o Diário

02/07/2011 | 07:22


A novela do racha no PT de Rio Grande da Serra ganhou mais um capítulo nesta semana. Duas pessoas da executiva municipal ligadas ao candidato a prefeito em 2008, Carlos Augusto César, o Cafu (PT), renunciaram aos seus cargos.

A cúpula municipal é composta por sete integrantes, sendo que cinco apoiam o vereador Cláudio Manoel Melo, o Claudinho da Geladeira (PT), para concorrer ao Paço no ano que vem. "Discutimos com nosso grupo e achamos melhor sair. Há pessoas que não querem discutir", afirmou Cafu. As rusgas tiveram início depois que Claudinho lançou pré-candidatura, apostando no apoio da maioria. Cafu, por sua vez, não concordou com o anúncio, pois é a favor de prévias.

O presidente da sigla na cidade, Benedito Araújo, lamentou a saída das colegas. "Elas me disseram que não estavam mais se entendendo com o partido e por isso optaram pela renúncia. Mas elas continuam filiadas", considerou o petista.

O comandante não acredita que o fato evidencia racha no diretório. Claudinho reitera o discurso do correligionário. "O grupo do Cafu está com a gente, um exemplo é o Benedito. A saída é natural. A pessoa quando não atrapalha, já ajuda", declarou o parlamentar.

Porém, Cafu não esconde o descontentamento. "Falam que não tem racha, mas se aplica somente ao grupo deles, que não faz debate com a executiva. Decidem e depois querem passar o trator", criticou.

 

CONJUNTURA

No campo político e da construção da candidatura, tanto Araújo quanto Claudinho são indiferentes. "Estamos bem. Não altera", disse o presidente. Claudinho ressaltou apoio da maioria

Porém, a situação pode complicar. No mês que vem, o grupo de Cafu se reúne e não descarta lançar pré-candidato, forçando prévias.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;