Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Vasco vence bem o Avaí em Florianópolis e vai à final



26/05/2011 | 00:03


Com ótima atuação, uma das melhores no ano, o Vasco derrotou nesta quarta-feira o Avaí, por 2 a 0, na Ressacada, e conseguiu a classificação para a decisão da Copa do Brasil, título que ainda não conquistou em sua história. Na final, a equipe carioca vai enfrentar o Coritiba, nas duas próximas quartas-feiras. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) vai sortear na quinta os mandos de campo.

O Vasco fez um primeiro tempo irrepreensível, daqueles que deixam o torcedor confiante em gritar "é campeão". Estádio lotado, torcida fazendo pressão, o Avaí motivado; nada disso atrapalhou o time cruzmaltino, que começou o jogo da melhor maneira possível. Ou seja, com gol. Após cobrança de falta de Felipe, aos 3 minutos, o zagueiro Revson tentou cortar e marcou contra - o defensor também havia marcado para o lado errado na partida de ida contra o São Paulo.

A equipe carioca não diminuiu o ritmo. Na verdade, controlou a partida e obrigou o goleiro Renan a trabalhar bastante. De tanto insistir, fez o segundo. Aos 34 minutos, após contra-ataque, o atacante Alecsandro deu belo passe na área para Diego Souza finalizar com categoria, encobrindo o goleiro e silenciando o estádio.

Antes do intervalo, o Avaí acertou a trave, num chute do lateral-esquerdo Julinho. "Não acabou nada. Já vi muito coisa no futebol. Mas estamos nos postando como time grande", disse Diego Souza, relevando em seguida um sonho: "Quero voltar à seleção brasileira".

Com os 2 a 0 no placar, levando-se em consideração que houve empate por 1 a 1 no confronto de ida, em São Januário, o Avaí tinha de virar a partida para seguir vivo na competição.

Mas não teve força nem futebol diante de um Vasco inspiradíssimo. A vitória por 2 a 0 ficou até de bom tamanho para a equipe da casa.

FICHA TÉCNICA:

Avaí 2 x 0 Vasco

Vasco - Fernando Prass; Allan, Dedé, Anderson Martins e Ramon (Márcio Careca); Rômulo, Eduardo Costa, Felipe (Jumar) e Diego Souza; Eder Luís (Bernardo) e Alecsandro. Técnico - Ricardo Gomes.

Avaí - Renan; Cássio, Revson e Gustavo Bastos; Romano (Robinho), Acleisson (Rafael Coelho), Marcinho Guerreiro, Marquinhos e Julinho; Marquinhos Gabriel (Estrada) e William. Técnico - Silas.

Gols - Revson (contra), aos 3, e Diego Souza, aos 34 minutos do primeiro tempo.

Árbitro - Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS).

Cartões amarelos - Marcinho Guerreiro, Ramon e Acleisson.

Renda - R$297.930,00.

Público total - 16.920 torcedores.

Local - Estádio da Ressacada, em Florianópolis.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;