Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Mexa-se para
evitar o estresse



19/05/2011 | 00:00



As pressões e os desafios no trabalho, o trânsito cada vez pior, a violência urbana, problemas em família, falta de dinheiro são questões cada vez mais comuns e presentes na vida de todos nós.

Tudo isso, aliado a uma falta de consciência da necessidade de se criar hábitos saudáveis, como se alimentar bem, dormir o suficiente e praticar atividades físicas contribuem para que o estresse afete um número cada vez maior de pessoas.

Em um nível elevado, o estresse produz efeitos nocivos na vida emocional e profissional do ser humano. Diversas pesquisas indicam que, quando excessivo, o estresse pode levar a dificuldade de concentração, cansaço mental, indiferença emocional, agressividade, incapacidade de relaxar, perda de memória imediata e apatia. Pode também prejudicar a criatividade e a produtividade, provocar crises de ansiedade, depressão, diminuição da libido e problemas orgânicos, afetando o sistema imunológico e prejudicando o bom funcionamento das defesas do corpo.

Diversos estudos científicos comprovam os benefícios para o organismo proporcionados pela prática regular de atividade física e que ela ajuda a combater o estresse. A concentração necessária para a prática do exercício ajudam as pessoas que o praticam a se desligarem por algum tempo das preocupações e angústias. O ato de se exercitar produz ainda uma série de benefícios psicofisiológicos por meio da liberação de certos hormônios produzidos pelo organismo. A adrenalina (epinefrina) age na redução do estresse, o cortisol atua como anti-inflamatório, o glucagon aumenta a quantidade de glicose no fígado, o GH (hormônio do crescimento) transmite bem-estar e a endorfina produz a sensação de prazer e melhora a qualidade do sono. Por isso não fique parado.

Os exercícios, além de fazerem bem ao corpo, também fazem bem para a mente. Diminuem a ansiedade e a depressão, melhoram o humor, aumentam a sensação de bem-estar e elevam a autoestima.

O que você está esperando para começar a se mexer?

Por Yasmin Barcellos



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;