Fechar
Publicidade

Sábado, 19 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

EC S.Bernardo investe R$ 20 mil no gramado do 1º de Maio

DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Após polêmicas, Cachorrão contrata empresa para reparar campo e negocia manutenção do local


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

26/03/2021 | 00:01


Alvo de polêmica e discordância entre São Bernardo FC e EC São Bernardo no início do Campeonato Paulista da Série A-2, o gramado do Estádio 1º de Maio está recebendo atenção especial durante esta paralisação das competições em razão do agravamento da pandemia. O Cachorrão, que está como responsável pelo campo, contratou a World Sports para efetuar trabalho no local e negocia para que a empresa siga realizando posteriormente a manutenção.

O investimento para a primeira parte do processo, que contempla aeração, descompactação, corte vertical e adubação, custou R$ 20 mil aos cofres do EC São Bernardo. “Foi um primeiro passo. Agora vai demorar uns 15 dias para poder jogar de novo”, explicou o vice-presidente do Cachorrão, Gigio Sareto. “Estamos negociando contrato para pagar mensalidade e a empresa seguir cuidando direto. Será entre R$ 10 mil e R$ 13 mil para a manutenção do gramado”, completou o dirigente. Além destes custos, o Alvinegro ainda paga o preço público à Prefeitura para utilizar o espaço: R$ 6.000 por jogo e R$ 2.000 a cada duas horas de treino.

Se a Série A-2 retornar no dia 31, o Cachorrão ainda mandará a partida contra o Monte Azul no Estádio do Inamar, em Diadema, bem como o duelo do São Bernardo FC contra o Juventus, no dia 3, poderá ter de ser levada para outro estádio. Há duas semanas o Tigre transferiu o mando do clássico contra o EC São Bernardo (vitória aurinegra por 1 a 0) para o Brinco de Ouro, casa do Guarani, em Campinas. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;