Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 27 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Filme 'Avatar': ainda longe de ser o maior em público


Luís Felipe Soares
Do Diário do Grande ABC

21/02/2010 | 07:00


De tempos em tempos, surgem filmes que chamam a atenção não só por seu conteúdo, mas também pelo impacto causado em toda a indústria cinematográfica. A bola da vez é o megalomaníaco Avatar, de James Cameron, que está perto de completar seu segundo mês de exibição em todo o mundo.

Seu principal título é o de maior bilheteria de todos os tempos, com a incrível quantia mundial de US$ 2,3 bilhões. Até o início deste mês o recorde (US$ 1,8 bilhão) era de Titanic (1997), do mesmo diretor.

Apesar de todo o barulho em torno dos valores, Avatar ainda está longe de ser o filme mais assistido nos cinemas. Aparece apenas na 53ª colocação, com 60,7 milhões de espectadores, em ranking liderado pelo clássico E o Vento Levou (1939), que somou público de mais de 202 milhões de pessoas. O número assusta, mas é importante lembrar que a contagem soma os muitos anos em que o filme ficou em cartaz e seus vários relançamentos.

Em relação à lista de maiores bilheterias, o épico futurista de Cameron não para de solidificar seu posto de campeão. Os números se devem muito aos atuais altos preços dos cinemas e ao fato de os ingressos das sessões em terceira dimensão e nas salas IMAX serem mais caros do que os de espaços com tecnologia convencional.

O item causa polêmica, já que a arrecadação em certos lugares não é devidamente atualizada. Um dos mais respeitados criadores dessas listas é o site norte-americano Box Office Mojo, especialista em cinema. Não há dados 100% confiáveis nele e em nenhum outro lugar, mas o que vale é a diversão em relação a essas curiosidades.

Avatar tem outros números grandiosos. O projeto demorou dez anos para ser finalizado e teve custo de cerca de US$ 500 milhões (somados produção e divulgação). No Brasil, os ingressos vendidos já renderam mais de R$ 81,5 milhões e mais de 7,5 milhões de pessoas o assistiram. Isso tudo sem contar sua contribuição ao revolucionar o mercado devido a criação e utilização do chamado 3D estereoscópico. Todo o sucesso leva a indústria cinematográfica a investir pesado na tecnologia.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;