Fechar
Publicidade

Sábado, 23 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Brasil se aproxima da Inglaterra no total de mortes por Covid-19

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


10/06/2020 | 19:37


Enquanto a Europa vive um relaxamento progressivo nas medidas de isolamento social e divulga números decrescentes de novos casos e de novas mortes provocadas pela covid-19, o Brasil continua a renovar seus números diários da doença causada pelo novo coronavírus nos patamares mais altos já alcançados pelo país até o momento. Este movimento fez o Brasil chegar perto do Reino Unido no total de mortes: são 39.680 óbitos aqui e 41.128 na nação europeia, segundo país com mais mortes pela doença. Os Estados Unidos estão em primeiro, com mais de 112 mil mortes.

Apesar do número parecido de vítimas fatais da covid-19, os dados diários diferem muito entre os dois países, com o Brasil registrando muito mais mortes e casos a cada dia. Nesta quarta-feira, 10, foram confirmadas mais 1.274 mortes no Brasil, enquanto o dado do Reino Unido foi de 245. Em novos casos, a diferença é ainda maior: foram 32.913 contaminações confirmadas no Brasil nas últimas 24 horas e 1.003 no Reino Unido.

O Brasil novamente foi o país que mais confirmou casos da covid-19 em 24 horas, assim como nas mortes confirmadas neste período. Os Estados Unidos, segundo o Centro de Controle de Doenças (CDC, na sigla em inglês), confirmaram hoje mais 17.376 infecções por coronavírus e também mais 950 mortes. Foi o segundo país do mundo com mais casos e mais mortes diárias.

No acumulado, o Brasil tem agora 772.416 casos de covid-19 registrados desde o começo da pandemia, o segundo maior número do mundo, atrás dos EUA, com 1.973.797. Globalmente, de acordo com compilação feita pela Universidade Johns Hopkins, 7,3 milhões de pessoas já foram infectadas e 413 mil morreram por causa da covid-19.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Brasil se aproxima da Inglaterra no total de mortes por Covid-19


10/06/2020 | 19:37


Enquanto a Europa vive um relaxamento progressivo nas medidas de isolamento social e divulga números decrescentes de novos casos e de novas mortes provocadas pela covid-19, o Brasil continua a renovar seus números diários da doença causada pelo novo coronavírus nos patamares mais altos já alcançados pelo país até o momento. Este movimento fez o Brasil chegar perto do Reino Unido no total de mortes: são 39.680 óbitos aqui e 41.128 na nação europeia, segundo país com mais mortes pela doença. Os Estados Unidos estão em primeiro, com mais de 112 mil mortes.

Apesar do número parecido de vítimas fatais da covid-19, os dados diários diferem muito entre os dois países, com o Brasil registrando muito mais mortes e casos a cada dia. Nesta quarta-feira, 10, foram confirmadas mais 1.274 mortes no Brasil, enquanto o dado do Reino Unido foi de 245. Em novos casos, a diferença é ainda maior: foram 32.913 contaminações confirmadas no Brasil nas últimas 24 horas e 1.003 no Reino Unido.

O Brasil novamente foi o país que mais confirmou casos da covid-19 em 24 horas, assim como nas mortes confirmadas neste período. Os Estados Unidos, segundo o Centro de Controle de Doenças (CDC, na sigla em inglês), confirmaram hoje mais 17.376 infecções por coronavírus e também mais 950 mortes. Foi o segundo país do mundo com mais casos e mais mortes diárias.

No acumulado, o Brasil tem agora 772.416 casos de covid-19 registrados desde o começo da pandemia, o segundo maior número do mundo, atrás dos EUA, com 1.973.797. Globalmente, de acordo com compilação feita pela Universidade Johns Hopkins, 7,3 milhões de pessoas já foram infectadas e 413 mil morreram por causa da covid-19.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;