Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 25 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Doria informa que São Paulo receberá 600 novos respiradores até a próxima semana

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Além disso, governador afirmou que reunião com presidente Jair Bolsonaro hoje de manhã foi positiva


Vanessa Soares
Do dgabc.com.br

21/05/2020 | 13:20


Em coletiva de imprensa realizada no início da tarde desta quinta-feira (21), no Palácio dos Bandeirantes, o governador do estado de São Paulo, João Doria (PSDB), informou que o estado receberá na próxima semana 600 novos respiradores. Destes, 300 haviam sido solicitados pelo estado, e outros 300 serão enviados pelo Ministério da Saúde para ajudar no enfrentamento da pandemia. Confirmação foi feita ontem pelo ministro interino da Pasta, Eduardo Pazuello, que também garantiu que até a próxima terça-feira, homologará 1.800 novos leitos no estado. Novos aparelhos serão destinados a hospitais na Capital, região metropolitana e Litoral, que são as regiões mais afetadas pelo coronavírus.

Doria também afirmou que a reunião de todos os governadores com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), vários ministros e os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (Democratas), e do Senado, Davi Alcolumbre (Democratas), realizada virtualmente mais cedo, foi positiva. “Na guerra todos perdem, principalmente os mais pobres e mais humildes. Estou pessoalmente feliz de termos concluído uma reunião em paz e harmonia, com objetivo de proteger os brasileiros e melhorar o enfrentamento a crise de saúde”, informou.

De acordo com Doria, ficou claro o apoio federativo aos estados e o projeto de lei que destina R$ 60 bilhões de ajuda no enfrentamento à crise provocada pela pandemia deverá ser sancionado pelo presidente ainda hoje. Também solicitaram que a primeira parcela deste auxílio seja pago até 30 de maio. Os governadores também concordaram com o veto integral ao aumento de salários ao funcionalismo público. “Classifico como uma reunião histórica e que permaneça assim pelos próximos meses”, acrescentou o governador.

São Paulo tem hoje 73.739 pacientes confirmados com Covid-19. Nas últimas 24 horas houve um acréscimo de 4.080 novo casos, o que representa um acréscimo de 6%. O número de mortes totaliza 5.558, sendo 195 de ontem para hoje. O montante representa uma alta de 4%. O índice de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no estado é de 73% e na região metropolitana, 89,6%. Até o momento, 14.669 pacientes foram curados da Covid e já tiveram alta hospitalar em São Paulo.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Doria informa que São Paulo receberá 600 novos respiradores até a próxima semana

Além disso, governador afirmou que reunião com presidente Jair Bolsonaro hoje de manhã foi positiva

Vanessa Soares
Do dgabc.com.br

21/05/2020 | 13:20


Em coletiva de imprensa realizada no início da tarde desta quinta-feira (21), no Palácio dos Bandeirantes, o governador do estado de São Paulo, João Doria (PSDB), informou que o estado receberá na próxima semana 600 novos respiradores. Destes, 300 haviam sido solicitados pelo estado, e outros 300 serão enviados pelo Ministério da Saúde para ajudar no enfrentamento da pandemia. Confirmação foi feita ontem pelo ministro interino da Pasta, Eduardo Pazuello, que também garantiu que até a próxima terça-feira, homologará 1.800 novos leitos no estado. Novos aparelhos serão destinados a hospitais na Capital, região metropolitana e Litoral, que são as regiões mais afetadas pelo coronavírus.

Doria também afirmou que a reunião de todos os governadores com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), vários ministros e os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (Democratas), e do Senado, Davi Alcolumbre (Democratas), realizada virtualmente mais cedo, foi positiva. “Na guerra todos perdem, principalmente os mais pobres e mais humildes. Estou pessoalmente feliz de termos concluído uma reunião em paz e harmonia, com objetivo de proteger os brasileiros e melhorar o enfrentamento a crise de saúde”, informou.

De acordo com Doria, ficou claro o apoio federativo aos estados e o projeto de lei que destina R$ 60 bilhões de ajuda no enfrentamento à crise provocada pela pandemia deverá ser sancionado pelo presidente ainda hoje. Também solicitaram que a primeira parcela deste auxílio seja pago até 30 de maio. Os governadores também concordaram com o veto integral ao aumento de salários ao funcionalismo público. “Classifico como uma reunião histórica e que permaneça assim pelos próximos meses”, acrescentou o governador.

São Paulo tem hoje 73.739 pacientes confirmados com Covid-19. Nas últimas 24 horas houve um acréscimo de 4.080 novo casos, o que representa um acréscimo de 6%. O número de mortes totaliza 5.558, sendo 195 de ontem para hoje. O montante representa uma alta de 4%. O índice de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no estado é de 73% e na região metropolitana, 89,6%. Até o momento, 14.669 pacientes foram curados da Covid e já tiveram alta hospitalar em São Paulo.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;