Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Sao Bernardo irá criar 145 pontos de coleta seletiva


Samir Siviero
Da Redaçao

03/09/2000 | 18:58


Apartir do dia 18, Sao Bernardo terá 32 pontos de coleta seletiva onde a populaçao poderá deixar o lixo reciclável para ser recolhido por um caminhao especialmente adaptado para fazê-la. Com previsao de criar 30 novos locais por mês, a Prefeitura de Sao Bernardo espalhará contêineres em 145 locais da cidade, os ecopontos, para o depósito de materiais recicláveis. Quando os 145 contêineres estiverem instalados, a previsao dos coordenadores do projeto é recolher 400 toneladas mensais de recicláveis (papéis, plásticos, metais e vidros).

A coleta visa melhorar a qualidade ambiental do município e, ao mesmo tempo, gerar emprego e renda para catadores de rua e do lixao do Alvarenga - que será fechado até novembro, segundo acordo firmado na última quinta-feira entre as promotorias de Meio Ambiente de Sao Bernardo e Diadema e prefeituras. A reciclagem do material será feita em duas casas específicas que estao em construçao, e no Lar Mamae Clory, no bairro Assunçao, creche que há seis anos faz a separaçao de materiais recicláveis.

Na regiao, o maior programa de coleta seletiva é o de Santo André, que cobre todas as ruas da cidade. Caminhoes passam duas vezes por semana em dias específicos para recolher o lixo reciclável. Um outro caminhao faz a coleta do lixo orgânico.

"Existe interesse da populaçao em separar o lixo reciclável. Assim, a Prefeitura resolveu elaborar o projeto e inseriu os catadores de lixo na separaçao do material recolhido", disse a diretora do Departamento de Meio Ambiente de Sao Bernardo, Sônia Lima.

Um caminhao adaptado fará a coleta diariamente nos principais pontos. "O contêiner é içado e aberto pelo fundo, despejando o material dentro do caminhao separadamente. Nos locais onde a populaçao colaborar mais, a coleta será mais freqüente", explicou Sônia.

Os primeiros 32 pontos - boa parte em Rudge Ramos - foram escolhidos por ter maior passagem de pessoas ou concentrarem muitos moradores nas proximidades. "Alguns desses ecopontos sao próximos a condomínios residenciais que nos procuraram pedindo a coleta seletiva, ou a locais onde há fluxo intenso de pessoas. Por essas razoes, e pela facilidade de adaptaçao dos contêineres, temos muitos pontos em Rudge Ramos", disse.

O material recolhido pelo caminhao será enviado inicialmente para o Lar Mamae Clory. Até o início de outubro, a Prefeitura pretende inaugurar duas Casas de Reciclagem para abrigar os catadores de lixo, quando os três locais passarao a receber os materiais. As casas ficam na avenida Robert Kennedy, no bairro Assunçao, e na avenida Lauro Gomes, Vila Normandia.

Para convencer os moradores a participar, a Prefeitura irá distribuir material educativo nas próximas semanas. "Os professores da rede municipal passarao por treinamento, e cartilhas serao distribuídas nas escolas municipais e estaduais da cidade com a explicaçao", disse a diretora.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sao Bernardo irá criar 145 pontos de coleta seletiva

Samir Siviero
Da Redaçao

03/09/2000 | 18:58


Apartir do dia 18, Sao Bernardo terá 32 pontos de coleta seletiva onde a populaçao poderá deixar o lixo reciclável para ser recolhido por um caminhao especialmente adaptado para fazê-la. Com previsao de criar 30 novos locais por mês, a Prefeitura de Sao Bernardo espalhará contêineres em 145 locais da cidade, os ecopontos, para o depósito de materiais recicláveis. Quando os 145 contêineres estiverem instalados, a previsao dos coordenadores do projeto é recolher 400 toneladas mensais de recicláveis (papéis, plásticos, metais e vidros).

A coleta visa melhorar a qualidade ambiental do município e, ao mesmo tempo, gerar emprego e renda para catadores de rua e do lixao do Alvarenga - que será fechado até novembro, segundo acordo firmado na última quinta-feira entre as promotorias de Meio Ambiente de Sao Bernardo e Diadema e prefeituras. A reciclagem do material será feita em duas casas específicas que estao em construçao, e no Lar Mamae Clory, no bairro Assunçao, creche que há seis anos faz a separaçao de materiais recicláveis.

Na regiao, o maior programa de coleta seletiva é o de Santo André, que cobre todas as ruas da cidade. Caminhoes passam duas vezes por semana em dias específicos para recolher o lixo reciclável. Um outro caminhao faz a coleta do lixo orgânico.

"Existe interesse da populaçao em separar o lixo reciclável. Assim, a Prefeitura resolveu elaborar o projeto e inseriu os catadores de lixo na separaçao do material recolhido", disse a diretora do Departamento de Meio Ambiente de Sao Bernardo, Sônia Lima.

Um caminhao adaptado fará a coleta diariamente nos principais pontos. "O contêiner é içado e aberto pelo fundo, despejando o material dentro do caminhao separadamente. Nos locais onde a populaçao colaborar mais, a coleta será mais freqüente", explicou Sônia.

Os primeiros 32 pontos - boa parte em Rudge Ramos - foram escolhidos por ter maior passagem de pessoas ou concentrarem muitos moradores nas proximidades. "Alguns desses ecopontos sao próximos a condomínios residenciais que nos procuraram pedindo a coleta seletiva, ou a locais onde há fluxo intenso de pessoas. Por essas razoes, e pela facilidade de adaptaçao dos contêineres, temos muitos pontos em Rudge Ramos", disse.

O material recolhido pelo caminhao será enviado inicialmente para o Lar Mamae Clory. Até o início de outubro, a Prefeitura pretende inaugurar duas Casas de Reciclagem para abrigar os catadores de lixo, quando os três locais passarao a receber os materiais. As casas ficam na avenida Robert Kennedy, no bairro Assunçao, e na avenida Lauro Gomes, Vila Normandia.

Para convencer os moradores a participar, a Prefeitura irá distribuir material educativo nas próximas semanas. "Os professores da rede municipal passarao por treinamento, e cartilhas serao distribuídas nas escolas municipais e estaduais da cidade com a explicaçao", disse a diretora.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;