Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 14 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Juiz dá prazo de um mês para Volkswagen responder a ações coletivas nos EUA



26/02/2016 | 00:25


Um juiz federal que supervisiona centenas de ações coletivas contra a Volkswagen nos Estados Unidos diz que quer que a montadora responda, dentro de um mês, sobre como pretende enquadrar os 600 mil veículos movidos à diesel nas leis ambientais do país.

O juiz distrital Charles R. Breyer disse a advogados da empresa alemã em uma audiência na Califórnia nesta quinta-feira, que espera que eles respondam até 24 de março. Ele disse que até lá, ele quer saber sobre as soluções técnicas disponíveis para consertar os carros e o status de negociações sobre um possível acordo com os consumidores prejudicados.

Em setembro, a Volks admitiu aos reguladores americanos que usou um software de forma ilegal na aparelhagem dos veículos a Diesel. A trapaça permitia que os carros passassem em testes laboratoriais de emissão de poluentes, ainda que liberassem mais poluentes do que o permitido pela legislação.

Breyer disse que o prazo de seis meses é suficiente para que a companhia encontre uma solução. Ele ainda ressaltou que a cada dia que os veículos permanecem rodando, níveis excessivos de poluição estão sendo lançados na atmosfera e os proprietários estão presos com carros Volkswagen que nem podem vender. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Juiz dá prazo de um mês para Volkswagen responder a ações coletivas nos EUA


26/02/2016 | 00:25


Um juiz federal que supervisiona centenas de ações coletivas contra a Volkswagen nos Estados Unidos diz que quer que a montadora responda, dentro de um mês, sobre como pretende enquadrar os 600 mil veículos movidos à diesel nas leis ambientais do país.

O juiz distrital Charles R. Breyer disse a advogados da empresa alemã em uma audiência na Califórnia nesta quinta-feira, que espera que eles respondam até 24 de março. Ele disse que até lá, ele quer saber sobre as soluções técnicas disponíveis para consertar os carros e o status de negociações sobre um possível acordo com os consumidores prejudicados.

Em setembro, a Volks admitiu aos reguladores americanos que usou um software de forma ilegal na aparelhagem dos veículos a Diesel. A trapaça permitia que os carros passassem em testes laboratoriais de emissão de poluentes, ainda que liberassem mais poluentes do que o permitido pela legislação.

Breyer disse que o prazo de seis meses é suficiente para que a companhia encontre uma solução. Ele ainda ressaltou que a cada dia que os veículos permanecem rodando, níveis excessivos de poluição estão sendo lançados na atmosfera e os proprietários estão presos com carros Volkswagen que nem podem vender. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;