Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Covid será foco de plano de governo de Auricchio

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Como vírus impacta em saúde e economia, prefeito de S.Caetano terá comitê só sobre o assunto


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

20/08/2020 | 00:03


Prefeito de São Caetano e pré-candidato à reeleição, José Auricchio Júnior (PSDB) iniciou ontem elaboração do seu plano de governo e reconheceu que o combate à Covid-19 será um dos eixos principais do seu projeto.

Conforme o chefe do Executivo, a pandemia do novo coronavírus deverá permear todo o plano, seja na ação pontual da saúde, no plano de reestruturação econômica do municípios e até em ações de inclusão social.

“Com certeza a Covid-19 será abordada no nosso plano de governo. Deveremos tratar do combate da doença como um dos eixos, não há dúvida. A epidemia ainda está longe de passar. Acreditamos que algumas mudanças que adotamos hoje ainda deverão permanecer, como os protocolos de higiene pessoal. Além das medidas sanitárias, vamos cuidar da estruturação econômica e do que vem no pós-crise”, declarou o prefeito de São Caetano.

Auricchio anunciou que o grupo temático da saúde no plano de governo, com foco especial no combate ao novo coronavírus, é o infectologista e professor do curso de medicina da USCS (Universidade Municipal de São Caetano) Fábio Leal.

“(Para a elaboração do plano) Estamos começando a montar um grupo que contará com muitos técnicos qualificados. Um conjunto de pessoas que virá das universidades, do governo, da sociedade civil organizada e até com participação social, que deverá acontecer por meio de participação de internet”, afirmou.

Outro tema a ser abordado no planejamento que levará às urnas, conforme o chefe do Executivo, é a coordenação específica dos ODSs (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável), que faz parte da Agenda 2030, plano da ONU (Organização das Nações Unidas) para a erradicação da pobreza, educação inclusiva e gestão sustentável. Ao todo são 17 objetivos a serem seguidos mundialmente. “Esse será um diferencial, já que faz parte da Agenda 2030 e que foi pensada pela ONU. Devemos seguir as 17 medidas elencadas pela entidade com objetivo de melhorar a governança.”

Auricchio adiantou que assuntos conhecidos e caros à população também vão figurar no plano de governo, como educação, saúde (de maneira geral), inclusão social, esporte e cultura, sustentabilidade, desenvolvimento econômico, gestão pública e o combate à corrupção.

“Queremos criar um projeto com planos exequíveis. Temos a Covid-19 como desafio central. Devemos elaborar projetos que tenham o interesse do público e que atendam à necessidade dos moradores da cidade”, avaliou o prefeito.

Buscando a reeleição, Auricchio também se debruça na preparação para a composição política na eleição deste ano. O debate do momento ocorre em torno do vice-prefeito. Quatro nomes aparecem na disputa, os vereadores Marcel Munhoz (Cidadania), Carlos Humberto Seraphim (PL), o ex-reitor da USCS Marcos Bassi (PSDB) e o atual vice Beto Vidoski (PSDB).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Covid será foco de plano de governo de Auricchio

Como vírus impacta em saúde e economia, prefeito de S.Caetano terá comitê só sobre o assunto

Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

20/08/2020 | 00:03


Prefeito de São Caetano e pré-candidato à reeleição, José Auricchio Júnior (PSDB) iniciou ontem elaboração do seu plano de governo e reconheceu que o combate à Covid-19 será um dos eixos principais do seu projeto.

Conforme o chefe do Executivo, a pandemia do novo coronavírus deverá permear todo o plano, seja na ação pontual da saúde, no plano de reestruturação econômica do municípios e até em ações de inclusão social.

“Com certeza a Covid-19 será abordada no nosso plano de governo. Deveremos tratar do combate da doença como um dos eixos, não há dúvida. A epidemia ainda está longe de passar. Acreditamos que algumas mudanças que adotamos hoje ainda deverão permanecer, como os protocolos de higiene pessoal. Além das medidas sanitárias, vamos cuidar da estruturação econômica e do que vem no pós-crise”, declarou o prefeito de São Caetano.

Auricchio anunciou que o grupo temático da saúde no plano de governo, com foco especial no combate ao novo coronavírus, é o infectologista e professor do curso de medicina da USCS (Universidade Municipal de São Caetano) Fábio Leal.

“(Para a elaboração do plano) Estamos começando a montar um grupo que contará com muitos técnicos qualificados. Um conjunto de pessoas que virá das universidades, do governo, da sociedade civil organizada e até com participação social, que deverá acontecer por meio de participação de internet”, afirmou.

Outro tema a ser abordado no planejamento que levará às urnas, conforme o chefe do Executivo, é a coordenação específica dos ODSs (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável), que faz parte da Agenda 2030, plano da ONU (Organização das Nações Unidas) para a erradicação da pobreza, educação inclusiva e gestão sustentável. Ao todo são 17 objetivos a serem seguidos mundialmente. “Esse será um diferencial, já que faz parte da Agenda 2030 e que foi pensada pela ONU. Devemos seguir as 17 medidas elencadas pela entidade com objetivo de melhorar a governança.”

Auricchio adiantou que assuntos conhecidos e caros à população também vão figurar no plano de governo, como educação, saúde (de maneira geral), inclusão social, esporte e cultura, sustentabilidade, desenvolvimento econômico, gestão pública e o combate à corrupção.

“Queremos criar um projeto com planos exequíveis. Temos a Covid-19 como desafio central. Devemos elaborar projetos que tenham o interesse do público e que atendam à necessidade dos moradores da cidade”, avaliou o prefeito.

Buscando a reeleição, Auricchio também se debruça na preparação para a composição política na eleição deste ano. O debate do momento ocorre em torno do vice-prefeito. Quatro nomes aparecem na disputa, os vereadores Marcel Munhoz (Cidadania), Carlos Humberto Seraphim (PL), o ex-reitor da USCS Marcos Bassi (PSDB) e o atual vice Beto Vidoski (PSDB).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;