Fechar
Publicidade

Sábado, 11 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Abe aprova plano de defesa com 2 porta-aviões, os primeiros desde a 2ª Guerra



19/12/2018 | 05:20


O governo japonês aprovou na terça-feira, 18, um plano de defesa que inclui dois porta-aviões, algo inédito desde o fim da 2ª Guerra. Tóquio justifica a medida pela crescente presença militar da China na região.

Dois navios inicialmente previstos para manobras de helicópteros serão modificados para permitir também as decolagens curtas e pousos verticais de caças. Mas eles não serão porta-aviões com todas as capacidades desse tipo de navio de guerra, já que as aeronaves não permanecerão estacionadas nos navios, segundo o Ministério da Defesa.

O governo do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, prevê ainda a compra de 147 caças, entre eles 105 jatos F-35A (Stealth).

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Abe aprova plano de defesa com 2 porta-aviões, os primeiros desde a 2ª Guerra


19/12/2018 | 05:20


O governo japonês aprovou na terça-feira, 18, um plano de defesa que inclui dois porta-aviões, algo inédito desde o fim da 2ª Guerra. Tóquio justifica a medida pela crescente presença militar da China na região.

Dois navios inicialmente previstos para manobras de helicópteros serão modificados para permitir também as decolagens curtas e pousos verticais de caças. Mas eles não serão porta-aviões com todas as capacidades desse tipo de navio de guerra, já que as aeronaves não permanecerão estacionadas nos navios, segundo o Ministério da Defesa.

O governo do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, prevê ainda a compra de 147 caças, entre eles 105 jatos F-35A (Stealth).

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;