Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 16 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Sto.André recebe prêmio por alcançar índice de cura nos casos de tuberculose


da Redação

29/09/2018 | 07:00


Santo André foi premiada durante o Fórum de Tuberculose do Estado de São Paulo, por alcançar a meta de 85% de cura da doença em casos novos no ano de 2017. No período, deram entrada na rede de Saúde do município, tanto nos equipamentos públicos como nos privados, 188 casos de tuberculose, sendo que destes, 160 (85,1%) evoluíram para cura. 

Ao considerar do total apenas aqueles que residem na cidade, foram 183 casos novos neste período, tendo 156 com encerramento por cura (85,2%). Já em 2018, até o momento, 146 casos novos deram entrada e estão em processo de tratamento.

“Alcançar a meta de cura significa que a rede de assistência conseguiu manter o protocolo de tratamento, e que nossa equipe conseguiu monitorar os atendimentos e dar o apoio necessário aos serviços”, disse a coordenadora do Programa de Tuberculose, Márcia Furquim.

Segundo informações do portal do Ministério da Saúde, o principal sintoma da tuberculose é a tosse na forma seca ou produtiva, persistente por mais de três semanas. Emagrecimento, fadiga e sudorese noturna podem estar associados também ao quadro e devem ser investigados.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sto.André recebe prêmio por alcançar índice de cura nos casos de tuberculose

da Redação

29/09/2018 | 07:00


Santo André foi premiada durante o Fórum de Tuberculose do Estado de São Paulo, por alcançar a meta de 85% de cura da doença em casos novos no ano de 2017. No período, deram entrada na rede de Saúde do município, tanto nos equipamentos públicos como nos privados, 188 casos de tuberculose, sendo que destes, 160 (85,1%) evoluíram para cura. 

Ao considerar do total apenas aqueles que residem na cidade, foram 183 casos novos neste período, tendo 156 com encerramento por cura (85,2%). Já em 2018, até o momento, 146 casos novos deram entrada e estão em processo de tratamento.

“Alcançar a meta de cura significa que a rede de assistência conseguiu manter o protocolo de tratamento, e que nossa equipe conseguiu monitorar os atendimentos e dar o apoio necessário aos serviços”, disse a coordenadora do Programa de Tuberculose, Márcia Furquim.

Segundo informações do portal do Ministério da Saúde, o principal sintoma da tuberculose é a tosse na forma seca ou produtiva, persistente por mais de três semanas. Emagrecimento, fadiga e sudorese noturna podem estar associados também ao quadro e devem ser investigados.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;