Fechar
Publicidade

Sábado, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Reino Unido se diz 'desapontado' com decisão de Trump sobre tarifa do aço



31/05/2018 | 14:25


O governo do Reino Unido disse estar "profundamente desapontado" com a decisão dos Estados Unidos de impor tarifas sobre as importações de aço e alumínio do México, do Canadá e da União Europeia.

"O Reino Unido e os outros países da União Europeia são aliados dos Estados Unidos e deveriam ser permanentemente isentos de qualquer tarifa siderúrgica", disse, em comunicado, o governo britânico.

O gabinete da primeira-ministra Theresa May disse ainda que "é claro para os Estados Unidos a alta importância do aço e do alumínio do Reino Unido em projetos de defesa e de empresas do país".

A nota diz ainda que o governo britânico vai seguir trabalhando com a União Europeia e os EUA por uma saída que signifique a isenção permanente de tarifas de importação. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Reino Unido se diz 'desapontado' com decisão de Trump sobre tarifa do aço


31/05/2018 | 14:25


O governo do Reino Unido disse estar "profundamente desapontado" com a decisão dos Estados Unidos de impor tarifas sobre as importações de aço e alumínio do México, do Canadá e da União Europeia.

"O Reino Unido e os outros países da União Europeia são aliados dos Estados Unidos e deveriam ser permanentemente isentos de qualquer tarifa siderúrgica", disse, em comunicado, o governo britânico.

O gabinete da primeira-ministra Theresa May disse ainda que "é claro para os Estados Unidos a alta importância do aço e do alumínio do Reino Unido em projetos de defesa e de empresas do país".

A nota diz ainda que o governo britânico vai seguir trabalhando com a União Europeia e os EUA por uma saída que signifique a isenção permanente de tarifas de importação. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;