Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santo André tenta domar o Touro no Bruno Daniel

Nario Barbosa/DGABC:  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Jogo diante do Barretos, às 15h15, é o
primeiro pela semi da Série A-2 estadual


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

23/04/2016 | 07:00


O Santo André joga hoje uma das partidas mais importantes dos últimos anos. Desde que foi rebaixado para a Série A-2, em 2011, o time nunca esteve tão perto de retornar à elite. A partir das 15h15 (com SporTV), o time começa a decidir contra o Barretos, no Estádio Bruno Daniel, quem irá para a final da Série A-2 e, consequentemente, estará na Primeira Divisão do Paulista em 2017 – a partida de volta será no dia 30, no Estádio Fortaleza, no Interior. Em casa, o Ramalhão espera abrir vantagem contra o Touro do Vale.

A missão, porém, não será das mais fáceis. Artilheiro do time na competição com nove gols, o meia Branquinho está fora da partida por suspensão, assim como o volante Diogo Orlando. Em compensação, o técnico Toninho Cecílio poderá contar com o zagueiro Diogo Borges e com os volantes Tiago Ulisses e Dudu, que cumpriram suspensão contra o São Caetano. Além deles, o atacante Diego Viana, recuperado de lesão no músculo adutor, também está à disposição.

Toninho Cecílio fez questão de esconder a escalação da equipe para não dar pistas ao adversário. Ele fechou os treinos desde quarta-feira e não revelou se irá voltar a atuar com três volantes ou, pela necessidade de vencer em casa, vai usar três atacantes.

Considerado peça fundamental, o zagueiro Diogo Borges retoma o lugar na defesa ao lado de Samuel Teram. No meio, caso opte por três volantes, devem jogar Tiago Ulisses, Agenor e Dudu, com Fernando substituindo Branquinho na armação. Caso queira mais ofensividade, Róbson ou Gilmar deve ocupar o lugar de Dudu ou Agenor.

O certo é que o Santo André vai entrar em campo como se fosse o último jogo da competição. “Equilíbrio é uma palavra interessante neste momento entre defender e atacar, mas não quero meu time muito equilibrado. Espero agressividade”, disse Toninho Cecílio. “Não vou abrir mão desse acesso de maneira nenhuma. Alguém vai poder trabalhar igual a mim para este jogo, mas mais do que eu, que nós, não vai”, acrescentou.

Toninho Cecílio acha que os jogos contra o Barretos são os mais importantes do ano, superando inclusive a final. “É uma semana diferente. São jogos mais importantes do que a própria final, porque valem o acesso”, ressaltou o treinador, que despistou quando perguntado sobre a escalação. “Não quero dar muita informação, mas preciso ter pelo menos três alternativas de formação. Preciso resolver questões em relação à ausência do Branquinho, talvez tenha time com mais mobilidade ou um armador com cabeça pensante. Enfim, ainda não decidi.”

Sobre o adversário, Toninho é só elogios mesmo tendo derrotado o adversário por 1 a 0 na fase de classificação.

“O Barretos é um dos times mais organizados, sabe o que quer, não se afoba”, disse “Só pego cara experiente na divisão, (Luís Carlos) Martins (do São Caetano) tem 15 acessos, (Vilson) Tadei (do Touro do Vale) tem mais 13, tá difícil”, sorriu. “Contra nós o Tadei usou três volantes, depois voltou para dois. Ele tem desfalques também, o que pode fazer ele tomar atitude diferente”, finalizou.

Diego Viana cobra atenção e pede humildade contra adversário

Passar pelo maior rival nas quartas de final, dentro da casa dele, após ver o São Caetano fazer a melhor campanha na primeira fase encheu o grupo andreense de confiança. Mesmo assim, sem nada garantido, o atacante Diego Viana cobra humildade dos companheiros.

“O grupo está muito unido e fechado. Passar pelo clássico, contra equipe que foi primeira colocada na primeira fase nos deixa fortalecidos, só que sabemos que classificar foi bom, mas nada adianta se não conseguir o acesso. O Barretos foi muito difícil na primeira fase, equipe qualificada, que tirou a vaga do Guarani em Campinas, tirou o Taubaté (nas quartas) e virá muito forte. Acredito em jogo parelho e o detalhe vai definir. Importante o apoio da torcida porque lá o estádio vai estar cheio”, declarou Viana.

TORCIDA

Os andreenses organizaram para hoje, a partir das 12h30, grande festa no Estádio Bruno Daniel para receber o ônibus com a delegação ramalhina. Através das mídias sociais, foram combinadas ações com direito a fogos de artifício, sinalizadores, fumaça e muito grito de incentivo ao time, em ação que se estenderá para dentro da praça esportiva.

BARRETOS

O técnico Vilson Tadei terá pelo menos três importantes baixas no Barretos para enfrentar o Santo André. O lateral-direito William Cordeiro, o zagueiro João Victor e o atacante Wilson Júnior estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo e devem ser substituídos, respectivamente, por Lucas Mendes, William Mineiro e Luciano Mandi – Chuck é opção.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;