Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Taça faz ‘visita’ ao Morumbi antes do Mundial


Leandro Calixto
Do Diário do Grande ABC

07/11/2005 | 08:05


Definitivamente, o Campeonato Brasileiro de 2005 faz parte do passado no Morumbi. Matematicamente sem chances de cair para Segunda Divisão, após a vitória de 3 a 1 frente ao Juventude, o São Paulo agora está com todas as atenções voltadas para o Mundial Interclubes, que será realizado no próximo mês no Japão. Como aperitivo para o torcedor são-paulino, a taça que será entregue ao campeão ficará exposta no Morumbi a partir desta sexta-feira. A exposição faz parte da promoção da Fifa. O troféu já estava na Costa Rica e, depois da passagem pelo Brasil, irá para a Inglaterra.

O goleiro Rogério Ceni e Paulo Autuori vão participar do evento. Também na sexta-feira, o clube irá apresentar os uniformes que o São Paulo irá usar no Japão. No mesmo dia, será anunciado ainda o torcedor que irá acompanhar a delegação no Japão.

Enquanto a diretoria prepara a festa para o Mundial, o técnico Paulo Autuori confirmou que dará folga para todos os jogadores considerados titulares até o final do Brasileirão. “Queremos concentrar o time para o grande objetivo deste ano. Como afastamos a possibilidade de cair para a segundona, temos de focar o grupo para o Mundial”, disse o treinador.

A medida tomada pelo técnico do São Paulo foi muito bem recebida pelos jogadores. “Quando o patrão fala, a gente tem de ficar calado. Vou aproveitar esta folga para curtir a minha filha de apenas quatro dias”, contou o zagueiro Fabão. O goleiro Rogério Ceni também aprovou a decisão do treinador, mas avisou que não pretende ficar muito tempo longe da bola. “Eu já até conversei em separado com o professor. Devo ficar de fora apenas um jogo, porque já tenho dois cartões amarelos”, declarou o goleiro-artilheiro, que já marcou 19 gols na temporada.

Se conquistar o título no Japão, o São Paulo vai ser o primeiro clube brasileiro a conquistar pela terceira vez o Mundial Interclubes. O time do Morumbi já foi o primeiro a levantar por três vezes a Libertadores. “Todo esforço que iremos fazer a partir de agora vai valer a pena, caso a gente conquiste o título. Todos irão ficar marcados para o resto da história do clube”, ressaltou o lateral Cicinho, que após o Mundial vai seguir direto para o Real Madrid, da Espanha.

Já o técnico Paulo Autuori disse que já está acompanhando algumas partidas do Al-Ittihad, da Arábia, que será um dos participantes do torneio. “O técnico deles é o Manuel José, um treinador português que conheço muito bem. Sei da forma que ela sabe armar seu time”, analisou o treinador.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Taça faz ‘visita’ ao Morumbi antes do Mundial

Leandro Calixto
Do Diário do Grande ABC

07/11/2005 | 08:05


Definitivamente, o Campeonato Brasileiro de 2005 faz parte do passado no Morumbi. Matematicamente sem chances de cair para Segunda Divisão, após a vitória de 3 a 1 frente ao Juventude, o São Paulo agora está com todas as atenções voltadas para o Mundial Interclubes, que será realizado no próximo mês no Japão. Como aperitivo para o torcedor são-paulino, a taça que será entregue ao campeão ficará exposta no Morumbi a partir desta sexta-feira. A exposição faz parte da promoção da Fifa. O troféu já estava na Costa Rica e, depois da passagem pelo Brasil, irá para a Inglaterra.

O goleiro Rogério Ceni e Paulo Autuori vão participar do evento. Também na sexta-feira, o clube irá apresentar os uniformes que o São Paulo irá usar no Japão. No mesmo dia, será anunciado ainda o torcedor que irá acompanhar a delegação no Japão.

Enquanto a diretoria prepara a festa para o Mundial, o técnico Paulo Autuori confirmou que dará folga para todos os jogadores considerados titulares até o final do Brasileirão. “Queremos concentrar o time para o grande objetivo deste ano. Como afastamos a possibilidade de cair para a segundona, temos de focar o grupo para o Mundial”, disse o treinador.

A medida tomada pelo técnico do São Paulo foi muito bem recebida pelos jogadores. “Quando o patrão fala, a gente tem de ficar calado. Vou aproveitar esta folga para curtir a minha filha de apenas quatro dias”, contou o zagueiro Fabão. O goleiro Rogério Ceni também aprovou a decisão do treinador, mas avisou que não pretende ficar muito tempo longe da bola. “Eu já até conversei em separado com o professor. Devo ficar de fora apenas um jogo, porque já tenho dois cartões amarelos”, declarou o goleiro-artilheiro, que já marcou 19 gols na temporada.

Se conquistar o título no Japão, o São Paulo vai ser o primeiro clube brasileiro a conquistar pela terceira vez o Mundial Interclubes. O time do Morumbi já foi o primeiro a levantar por três vezes a Libertadores. “Todo esforço que iremos fazer a partir de agora vai valer a pena, caso a gente conquiste o título. Todos irão ficar marcados para o resto da história do clube”, ressaltou o lateral Cicinho, que após o Mundial vai seguir direto para o Real Madrid, da Espanha.

Já o técnico Paulo Autuori disse que já está acompanhando algumas partidas do Al-Ittihad, da Arábia, que será um dos participantes do torneio. “O técnico deles é o Manuel José, um treinador português que conheço muito bem. Sei da forma que ela sabe armar seu time”, analisou o treinador.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;