Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Criminosos roubam fiação e merenda de unidade de ensino

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Falta de luz resultou na dispensa de uma turma; próprios municipais têm sofrido com vandalismo


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

05/06/2019 | 08:53


 A Emeb (Escola Municipal de Educação Básica) Zilda Gomes dos Reis Almeida, no bairro Bela Vista, em Diadema, foi alvo de ladrões na madrugada de segunda-feira. Os bandidos invadiram a unidade e roubaram merenda, fios de iluminação e até utensílios da cozinha. Ao menos uma turma do 1º ano do ensino fundamental não teve aula essa semana, porque a sala está sem luz. As merendas foram repostas provisoriamente com itens de outras unidades. “Não trabalhei ontem (segunda-feira) nem hoje (ontem) para ficar com ela”, destacou a cabeleireira Sandriane da Silva, 36 anos, em referência à filha Letícia, 6, estudante do local.

Além do furto, a escola convive com goteiras desde os temporais de 10 e 11 de março, que danificaram o telhado e tem obrigado os professores a dar aulas em áreas improvisadas. O Diário mostrou em 28 de maio que a administração tentou contratar empresa para realizar a reforma, mas a licitação foi considerada fracassada. “Na sala da minha filha tem mais balde para aparar as goteiras do que aluno”, reclamou a manicure Anne Zamendo, 31, mãe de Victória, 6.

Em nota, a Prefeitura de Diadema informou que foi feito boletim de ocorrência e que a polícia esteve no local para realizar perícia. “A Secretaria de Educação solicitou reforço da GCM (Guarda Civil Municipal) nas rondas da região. Além disso, será encaminhado ofício à Polícia Militar, responsável pela segurança pública, solicitando reforço no patrulhamento. A sala que foi interditada por conta do furto da fiação já foi liberada e as aulas retomadas”, explicou o comunicado. Com relação aos problemas do telhado, foi realizado pregão na última segunda-feira e a licitação está em processo para homologar o vencedor.

HISTÓRICO

Em abril, dois equipamentos para realização de exames foram furtados do Quarteirão da Saúde. No mesmo mês, a UBS (Unidade Básica de Saúde) Vila Nogueira teve os cabos de energia roubados. Em maio, a UBS Piraporinha também foi alvo de criminosos. E, no Hospital Municipal, o quadro de GCMs e GCPs (Guarda Civil Patrimonial) foi reduzido.

No mesmo mês, o Diário denunciou a ausência de rádios comunicadores na GCM e que metade da frota estava encostada, aguardando manutenção. Além disso, a maior parte dos guardas estava com o porte de arma vencido e usando equipamentos de choque (tasers) vencidos desde 2015.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Criminosos roubam fiação e merenda de unidade de ensino

Falta de luz resultou na dispensa de uma turma; próprios municipais têm sofrido com vandalismo

Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

05/06/2019 | 08:53


 A Emeb (Escola Municipal de Educação Básica) Zilda Gomes dos Reis Almeida, no bairro Bela Vista, em Diadema, foi alvo de ladrões na madrugada de segunda-feira. Os bandidos invadiram a unidade e roubaram merenda, fios de iluminação e até utensílios da cozinha. Ao menos uma turma do 1º ano do ensino fundamental não teve aula essa semana, porque a sala está sem luz. As merendas foram repostas provisoriamente com itens de outras unidades. “Não trabalhei ontem (segunda-feira) nem hoje (ontem) para ficar com ela”, destacou a cabeleireira Sandriane da Silva, 36 anos, em referência à filha Letícia, 6, estudante do local.

Além do furto, a escola convive com goteiras desde os temporais de 10 e 11 de março, que danificaram o telhado e tem obrigado os professores a dar aulas em áreas improvisadas. O Diário mostrou em 28 de maio que a administração tentou contratar empresa para realizar a reforma, mas a licitação foi considerada fracassada. “Na sala da minha filha tem mais balde para aparar as goteiras do que aluno”, reclamou a manicure Anne Zamendo, 31, mãe de Victória, 6.

Em nota, a Prefeitura de Diadema informou que foi feito boletim de ocorrência e que a polícia esteve no local para realizar perícia. “A Secretaria de Educação solicitou reforço da GCM (Guarda Civil Municipal) nas rondas da região. Além disso, será encaminhado ofício à Polícia Militar, responsável pela segurança pública, solicitando reforço no patrulhamento. A sala que foi interditada por conta do furto da fiação já foi liberada e as aulas retomadas”, explicou o comunicado. Com relação aos problemas do telhado, foi realizado pregão na última segunda-feira e a licitação está em processo para homologar o vencedor.

HISTÓRICO

Em abril, dois equipamentos para realização de exames foram furtados do Quarteirão da Saúde. No mesmo mês, a UBS (Unidade Básica de Saúde) Vila Nogueira teve os cabos de energia roubados. Em maio, a UBS Piraporinha também foi alvo de criminosos. E, no Hospital Municipal, o quadro de GCMs e GCPs (Guarda Civil Patrimonial) foi reduzido.

No mesmo mês, o Diário denunciou a ausência de rádios comunicadores na GCM e que metade da frota estava encostada, aguardando manutenção. Além disso, a maior parte dos guardas estava com o porte de arma vencido e usando equipamentos de choque (tasers) vencidos desde 2015.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;