Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Arbitragem

Há árbitro de todo tipo: honesto, interesseiro, desonesto, oportunista, habilidoso, político, competente, incompetente, malandro...


Especial para o Diário

24/10/2008 | 00:00


Há árbitro de todo tipo: honesto, interesseiro, desonesto, oportunista, habilidoso, político, competente, incompetente, malandro...

Com certeza Sálvio Spínola Fagundes Filho deve ser incluído na lista dos honestos, competentes e bem intencionados. Se erra, mesmo de forma vergonhosa, é involuntário.

Sálvio é o personagem desta semana. Sua atuação no clássico Palmeiras e São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro, foi acima da média. Ele mais acertou do que errou. Os lances mais polêmicos - gol irregular de Dagoberto, gol de cabeça de Alex Mineiro e o pênalti cometido por Léo Lima - tiveram decisões acertadas.

As expulsões de Diego Souza e Borges foram exageradas, mas Sálvio garante que viu troca de agressões entre os dois.

Ninguém comenta sobre qualquer má intenção do árbitro. E suas decisões, como já dissemos aqui, não influenciaram o resultado do melhor confronto do Brasileirão.

Na semana que antecedeu o clássico, o presidente do São Paulo criticou Sálvio e fez pressão psicológica sobre ele. Quem conhece Juvenal Juvêncio sabe que essa foi mesmo a sua intenção. Mas também nesse quesito Sálvio saiu incólume.

Não deve ser fácil a vida de árbitro de futebol. No fundo, no fundo, acho essa gente meio masoquista.

BAIXO NÍVEL

Eurico Miranda nunca foi bem visto no meio do futebol. Dirigentes, jogadores, treinadores, jornalistas e até torcedores do próprio Vasco, sempre tiveram reservas sobre ele.

Sua atitude agora, ameaçando Roberto Dinamite, provocando uma discussão que nem deveria existir, demonstra que sua intenção é transformar-se em vítima caso o clube seja rebaixado para a Série B.

Respondendo a processos cíveis, tributários e criminais, Eurico deveria ser uma página negra virada na história do Vasco e do futebol brasileiro.

Mas ele continua aprontando as suas...

CRISE FINANCEIRA

O futebol também está sentindo e prevendo problemas com a instabilidade no mercado internacional. O futebol inglês anuncia um grande déficit. Aqui no Brasil, estão lamentando a subida do dólar.

Os organizadores dos Jogos Olímpicos de Londres disseram que dificilmente conseguirão viabilizar a venda de todas as cotas de patrocínio.

Será que Lula continua achando que isso é só uma marolinha?



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Arbitragem

Há árbitro de todo tipo: honesto, interesseiro, desonesto, oportunista, habilidoso, político, competente, incompetente, malandro...

Especial para o Diário

24/10/2008 | 00:00


Há árbitro de todo tipo: honesto, interesseiro, desonesto, oportunista, habilidoso, político, competente, incompetente, malandro...

Com certeza Sálvio Spínola Fagundes Filho deve ser incluído na lista dos honestos, competentes e bem intencionados. Se erra, mesmo de forma vergonhosa, é involuntário.

Sálvio é o personagem desta semana. Sua atuação no clássico Palmeiras e São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro, foi acima da média. Ele mais acertou do que errou. Os lances mais polêmicos - gol irregular de Dagoberto, gol de cabeça de Alex Mineiro e o pênalti cometido por Léo Lima - tiveram decisões acertadas.

As expulsões de Diego Souza e Borges foram exageradas, mas Sálvio garante que viu troca de agressões entre os dois.

Ninguém comenta sobre qualquer má intenção do árbitro. E suas decisões, como já dissemos aqui, não influenciaram o resultado do melhor confronto do Brasileirão.

Na semana que antecedeu o clássico, o presidente do São Paulo criticou Sálvio e fez pressão psicológica sobre ele. Quem conhece Juvenal Juvêncio sabe que essa foi mesmo a sua intenção. Mas também nesse quesito Sálvio saiu incólume.

Não deve ser fácil a vida de árbitro de futebol. No fundo, no fundo, acho essa gente meio masoquista.

BAIXO NÍVEL

Eurico Miranda nunca foi bem visto no meio do futebol. Dirigentes, jogadores, treinadores, jornalistas e até torcedores do próprio Vasco, sempre tiveram reservas sobre ele.

Sua atitude agora, ameaçando Roberto Dinamite, provocando uma discussão que nem deveria existir, demonstra que sua intenção é transformar-se em vítima caso o clube seja rebaixado para a Série B.

Respondendo a processos cíveis, tributários e criminais, Eurico deveria ser uma página negra virada na história do Vasco e do futebol brasileiro.

Mas ele continua aprontando as suas...

CRISE FINANCEIRA

O futebol também está sentindo e prevendo problemas com a instabilidade no mercado internacional. O futebol inglês anuncia um grande déficit. Aqui no Brasil, estão lamentando a subida do dólar.

Os organizadores dos Jogos Olímpicos de Londres disseram que dificilmente conseguirão viabilizar a venda de todas as cotas de patrocínio.

Será que Lula continua achando que isso é só uma marolinha?

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;