Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Invicto em 2022, Nadal bate Khachanov e avança às oitavas do Aberto da Austrália



21/01/2022 | 11:00


O início de temporada de Rafael Nadal segue com 100% de aproveitamento. Campeão do ATP 250 de Melbourne há duas semanas, o tenista espanhol passou pela primeira semana do Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam do ano, e já soma seis vitórias seguidas em 2022. Nesta sexta-feira, ele derrotou o russo Karen Khachanov, número 30 do mundo, por 3 sets a 1 - com parciais de 6/3, 6/2, 3/6 e 6/1, após 2 horas e 51 minutos. De quebra, manteve seu perfeito retrospecto contra o rival, tendo vencido todos os oito jogos entre eles.

Vencedor do Aberto da Austrália em 2009 e vice em outras quatro oportunidades, a última delas há três temporadas, Nadal está com 35 anos e ocupa o quinto lugar no ranking da ATP. O dono de 20 títulos de Grand Slam já passou pelo americano Marcos Giron e pelo alemão Yannick Hanfmann nas primeiras rodadas.

Já Khachanov, de 25 anos, segue sem nunca ter alcançado as oitavas de final em Melbourne. Este foi o quarto ano seguido que ele parou na terceira rodada. E, antes disso, perdeu na segunda fase outras duas vezes. Ex-Top 10, o russo tem melhores resultados em Roland Garros e Wimbledon, torneios de Grand Slam em que já chegou às quartas de final.

Em quadra, Nadal liderou a estatística de winners por 39 a 36 e cometeu 30 erros não-forçados contra 42 do rival russo. O espanhol conseguiu cinco quebras em 15 break points e só perdeu um game de serviço na partida.

Outro favorito ao título, o alemão Alexander Zverev também teve uma semana perfeita no Aberto da Austrália. Depois de ter vencido um duelo alemão contra Daniel Altmaier na estreia e superado o australiano John Millman na segunda rodada, o atual número 3 do mundo venceu nesta sexta-feira o moldávio Radu Albot, 124.º do ranking, com o placar de 6/3, 6/4 e 6/4.

Com o resultado, Zverev chega sem perder sets às oitavas de final do primeiro Grand Slam do ano. A situação é bem diferente das que o alemão costumava encarar em temporadas anteriores, quando muitas vezes acabava disputando jogos longos nas primeiras fases de torneios deste porte. Aos 24 anos, faz a sua sétima participação em Melbourne, com destaque para uma semifinal em 2020.

O próximo jogo de Zverev promete ser bem mais exigente. O alemão enfrenta o canadense Denis Shapovalov, que derrotou o americano Reilly Opelka por 3 sets a 1 - parciais de 7/6 (7/4), 4/6, 6/3 e 6/4. A rivalidade entre os dois é de seis confrontos, mas será a primeira vez que eles se enfrentam em um Grand Slam. O alemão lidera o histórico por 4 a 2.

OUTROS JOGOS - Único sérvio na disputa após a polêmica saída de Novak Djokovic, atual número 1 do mundo, Miomir Kecmanovic segue firme em Melbourne. Nesta sexta-feira surpreendeu o italiano Lorenzo Sonego, cabeça de chave 25, por 3 sets a 1 - parciais de 6/4, 6/7 (8/10), 6/2 e 7/5 - e agora terá pela frente o francês Gael Monfils, 17.º pré-classificado, que bateu o chileno Cristian Garin, cabeça 16, por 7/6 (7/4), 6/1 e 6/3.

Sétimo pré-classificado, o italiano Matteo Berrettini derrotou o espanhol Carlos Alcaraz, cabeça 31, por 3 sets a 2 - com parciais de 6/2, 7/6 (7/3), 4/6, 2/6 e 7/6 (7/5) - e vai encarar nas oitavas de final o espanhol Pablo Carreño Busta, 19.º favorito, que venceu o americano Sebastian Korda por 6/4, 7/5, 6/7 (6/8) e 6/3.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;