Fechar
Publicidade

Domingo, 29 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Obama e Abe debateram sobre Síria, diz Suga



03/09/2013 | 05:31


O chefe de gabinete e porta-voz do governo do Japão, Yoshihide Suga afirmou nesta terça-feira que o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe realizou uma conferência por telefone com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama para discutir as respectivas posições dos governos em relação a Síria.

"O presidente Obama explicou o posicionamento dos Estados Unidos sobre a situação da Síria e explicou as suas opiniões sobre a ação daqui para frente", afirmou Suga. "Obama falou da importância de a comunidade internacional falar a uma só voz sobre a sua oposição ao uso de armas de destruição em massa e ressaltou a importância de países que trabalham em conjunto", completou.

O primeiro-ministro japonês afirmou que "havia uma grande probabilidade de que armas químicas foram usadas na Síria, o que não pode ser permitido por razões humanitárias, em qualquer situação." Suga também afirmou que Abe disse que o desrespeito do regime do presidente Bashar Assad com os direitos humanos é responsável pelo atual conflito.

De acordo com Suga, durante a conferência, Abe disse a Obama que estará observando de perto a votação do Congresso sobre a intervenção militar.

O vice-Ministros Katsunobu Kato, que também esteve presente na conferência com Obama, acrescentou que Abe manifestou a esperança de que os Estados Unidos continuem seus esforços para conquistar o apoio do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU).

A conferência aconteceu porque é improvável uma reunião entre Abe e Obama na próxima reunião do G-20 em São Petersburgo. Fonte: Dow Jones Newswires.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;