Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 21 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Perto do título, Palmeiras deixa ansiedade de lado contra o Paraná

Cesar Greco/SE Palmeiras Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Diante de adversário já rebaixado, Verdão pode ficar a um jogo do décimo Brasileirão


Dérek Bittencourt

18/11/2018 | 07:00


 Quatro jogos separam o Palmeiras do décimo título brasileiro. O caminho pode ser encurtado em duas rodadas caso o time vença o Paraná, a partir das 17h de hoje, no Estádio do Café, em Londrina, e o América-MG, quarta-feira, no Allianz Parque. A equipe alviverde, entretanto, tenta manter os pés no chão e ter calma para não deixar a ansiedade atrapalhar no desempenho em campo.

O time vem de vitória por 3 a 0 sobre o Fluminense, está cinco pontos à frente do vice-líder Internacional e não perde há 19 rodadas, igualando o recorde de invencibilidade na era dos pontos corridos que pertencia somente ao rival Corinthians. E, hoje, tem a chance de quebrar esta marca diante adversário já rebaixado para a Série B do Brasileiro. Enfim, o cenário é amplamente favorável.

“É um possível título brasileiro. Querendo ou não, a gente fica ansioso, mas sabemos que não será fácil. Não podemos comemorar antes de fazer. Temos de pensar jogo a jogo e, se Deus quiser, o mais brevemente poderemos comemorar”, declarou o volante Thiago Santos, que tratou de descartar situação mais tranquila por conta da queda antecipada dos paranistas. “Não existe jogo fácil. Teoricamente, segundo falavam, as últimas cinco partidas seriam mais tranquilas, mas não serão. A gente faz o jogo ficar fácil ou difícil. Não tem esse clima de festa.”

Concorrente do volante, Felipe Melo foi outro a tentar afastar o oba-oba. “Temos que sonhar, como eu sonho todos os dias em ganhar o título. Há 18 jogos estava muito distante, hoje o sonho está perto, porém é apenas um sonho. É sonhar e trabalhar para torná-lo realidade”, disse. “Se deixar entrar soberba não vamos ganhar o campeonato, e não vamos deixar. Estamos tratando cada jogo como uma final. Aqui dentro não tem situação de soberba e clima de ‘já ganhou’. Vamos trabalhar para enfrentar o Paraná, que vai ser muito difícil”, complementou o Pitbull, autor de golaço contra o Fluminense.

O técnico Luiz Felipe Scolari deve dar sequência à pratica de oferecer oportunidade a todo o elenco e promover seis mudanças no time, com as saídas de Mayke, Luan, Gustavo Gómez, Diogo Barbosa, Thiago Santos e Borja. Assim, deverão ser titulares – respectivamente – Marcos Rocha, Edu Dracena, Antônio Carlos, Victor Luis, Felipe Melo e Deyverson.

“Temos 12 pontos a disputar, com cinco na frente. Para sermos campeões, precisamos ganhar no mínimo oito – duas vitórias e dois empates. É muito difícil, mas vamos encurtando esse número, para podermos respirar bem nos últimos jogos”, destacou o treinador.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Perto do título, Palmeiras deixa ansiedade de lado contra o Paraná

Diante de adversário já rebaixado, Verdão pode ficar a um jogo do décimo Brasileirão

Dérek Bittencourt

18/11/2018 | 07:00


 Quatro jogos separam o Palmeiras do décimo título brasileiro. O caminho pode ser encurtado em duas rodadas caso o time vença o Paraná, a partir das 17h de hoje, no Estádio do Café, em Londrina, e o América-MG, quarta-feira, no Allianz Parque. A equipe alviverde, entretanto, tenta manter os pés no chão e ter calma para não deixar a ansiedade atrapalhar no desempenho em campo.

O time vem de vitória por 3 a 0 sobre o Fluminense, está cinco pontos à frente do vice-líder Internacional e não perde há 19 rodadas, igualando o recorde de invencibilidade na era dos pontos corridos que pertencia somente ao rival Corinthians. E, hoje, tem a chance de quebrar esta marca diante adversário já rebaixado para a Série B do Brasileiro. Enfim, o cenário é amplamente favorável.

“É um possível título brasileiro. Querendo ou não, a gente fica ansioso, mas sabemos que não será fácil. Não podemos comemorar antes de fazer. Temos de pensar jogo a jogo e, se Deus quiser, o mais brevemente poderemos comemorar”, declarou o volante Thiago Santos, que tratou de descartar situação mais tranquila por conta da queda antecipada dos paranistas. “Não existe jogo fácil. Teoricamente, segundo falavam, as últimas cinco partidas seriam mais tranquilas, mas não serão. A gente faz o jogo ficar fácil ou difícil. Não tem esse clima de festa.”

Concorrente do volante, Felipe Melo foi outro a tentar afastar o oba-oba. “Temos que sonhar, como eu sonho todos os dias em ganhar o título. Há 18 jogos estava muito distante, hoje o sonho está perto, porém é apenas um sonho. É sonhar e trabalhar para torná-lo realidade”, disse. “Se deixar entrar soberba não vamos ganhar o campeonato, e não vamos deixar. Estamos tratando cada jogo como uma final. Aqui dentro não tem situação de soberba e clima de ‘já ganhou’. Vamos trabalhar para enfrentar o Paraná, que vai ser muito difícil”, complementou o Pitbull, autor de golaço contra o Fluminense.

O técnico Luiz Felipe Scolari deve dar sequência à pratica de oferecer oportunidade a todo o elenco e promover seis mudanças no time, com as saídas de Mayke, Luan, Gustavo Gómez, Diogo Barbosa, Thiago Santos e Borja. Assim, deverão ser titulares – respectivamente – Marcos Rocha, Edu Dracena, Antônio Carlos, Victor Luis, Felipe Melo e Deyverson.

“Temos 12 pontos a disputar, com cinco na frente. Para sermos campeões, precisamos ganhar no mínimo oito – duas vitórias e dois empates. É muito difícil, mas vamos encurtando esse número, para podermos respirar bem nos últimos jogos”, destacou o treinador.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;