Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Tecnologia

tecnologia@dgabc.com.br | 4435-8301

Repetidores Wi-Fi: conheça as vantagens e como utilizá-los corretamente

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da Redação, com assessoria
Do 33Giga

24/12/2020 | 15:18


Ter uma boa conexão de internet tornou-se fator imprescindível para realizar atividades básicas do cotidiano. No entanto, mesmo com um plano de internet robustos, às vezes, os brasileiros sofrem com a falta ou instabilidade de sinal, principalmente nos espaços de alta metragem. Fatores como espessura das paredes e quantidade de móveis também podem influenciar negativamente. Para solucionar esse problema, uma boa alternativa é investir em repetidores de sinal Wi-Fi.

Marcello Liviero, diretor comercial da TP-Link , explica que o dispositivo possui a finalidade de repetir o sinal sem fio de uma rede doméstica. “Ele recebe o sinal gerado pelo roteador e o amplifica, fazendo com que haja um alcance de área maior do que a que seria possível sem o seu uso. É uma opção bem vantajosa para quem precisa ampliar a área de cobertura do Wi-Fi aos pontos cegos da rede”, ressalta.

Na prática, o repetidor precisa encontrar o sinal original da rede para poder repeti-lo. Para isso, o aparelho precisa estar configurado na mesma frequência em que o roteador. Se houver desencontro entre os dois eletrônicos, o dispositivo não será capaz de suprir as expectativas.

Leia mais:
Conheça mitos e verdades sobre o Wi-Fi
Wi-Fi lento: veja o que interfere na internet e como resolver os problemas mais comuns

Diversos são os benefícios desse equipamento. Para Marcello, pontos importantes a serem destacados são sua praticidade de instalação, pois basta conectá-lo à uma tomada, e o seu custo-benefício. “Não será necessário aumentar o plano de internet ou, até mesmo, comprar um novo roteador. Só ele, em determinados casos, já é o suficiente. Mas é importante ressaltar que o repetidor vai repetir o sinal com a qualidade que ele o recebe. Sendo assim, se é um sinal com boas qualidade e velocidade, este será replicado. Já se o sinal emitido pelo roteador estiver fraco, o repetidor não conseguirá oferecer uma conexão de qualidade”, afirma.

Mas nem sempre somente o repetidor é o bastante. O executivo comenta que, em locais amplos que possuem muitos obstáculos, como móveis ou eletrodomésticos, uma boa alternativa é apostar nos dispositivos com a tecnologia mesh. Eles funcionam como uma espécie de “malha”. Esses aparelhos são mais automatizados – a própria rede wireless é capaz de distribuir o sinal aos locais com maiores demandas – e apresentam melhores velocidade e cobertura, o que possibilita que o usuário circule pelo ambiente com uma conexão estável.

“Primeiramente, é preciso identificar qual realmente é o problema, se de fato é sinal fraco e não a internet lenta em sua origem. O repetidor é eficiente em um local que possui muitos obstáculos ou mesmo a interferência de vários aparelhos eletrônicos, o que impede uma boa conexão em certas áreas. Nessas situações, trocar o roteador não resolve, porque continuaria existindo um ponto cego. A melhor opção então é instalar um repetidor, ou repetidores, nos locais em que o sinal começa a falhar”, indica o executivo.

O diretor complementa que, apesar do seu bom desempenho na resolução dos problemas com cobertura de internet, ele deve ser utilizado com cautela. “Eles interligam a rede principal com os dispositivos. Então, é comum que haja uma queda de desempenho. Quanto mais repetidores forem instalados, menor pode ser a velocidade”, finaliza Marcello.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Repetidores Wi-Fi: conheça as vantagens e como utilizá-los corretamente

Da Redação, com assessoria
Do 33Giga

24/12/2020 | 15:18


Ter uma boa conexão de internet tornou-se fator imprescindível para realizar atividades básicas do cotidiano. No entanto, mesmo com um plano de internet robustos, às vezes, os brasileiros sofrem com a falta ou instabilidade de sinal, principalmente nos espaços de alta metragem. Fatores como espessura das paredes e quantidade de móveis também podem influenciar negativamente. Para solucionar esse problema, uma boa alternativa é investir em repetidores de sinal Wi-Fi.

Marcello Liviero, diretor comercial da TP-Link , explica que o dispositivo possui a finalidade de repetir o sinal sem fio de uma rede doméstica. “Ele recebe o sinal gerado pelo roteador e o amplifica, fazendo com que haja um alcance de área maior do que a que seria possível sem o seu uso. É uma opção bem vantajosa para quem precisa ampliar a área de cobertura do Wi-Fi aos pontos cegos da rede”, ressalta.

Na prática, o repetidor precisa encontrar o sinal original da rede para poder repeti-lo. Para isso, o aparelho precisa estar configurado na mesma frequência em que o roteador. Se houver desencontro entre os dois eletrônicos, o dispositivo não será capaz de suprir as expectativas.

Leia mais:
Conheça mitos e verdades sobre o Wi-Fi
Wi-Fi lento: veja o que interfere na internet e como resolver os problemas mais comuns

Diversos são os benefícios desse equipamento. Para Marcello, pontos importantes a serem destacados são sua praticidade de instalação, pois basta conectá-lo à uma tomada, e o seu custo-benefício. “Não será necessário aumentar o plano de internet ou, até mesmo, comprar um novo roteador. Só ele, em determinados casos, já é o suficiente. Mas é importante ressaltar que o repetidor vai repetir o sinal com a qualidade que ele o recebe. Sendo assim, se é um sinal com boas qualidade e velocidade, este será replicado. Já se o sinal emitido pelo roteador estiver fraco, o repetidor não conseguirá oferecer uma conexão de qualidade”, afirma.

Mas nem sempre somente o repetidor é o bastante. O executivo comenta que, em locais amplos que possuem muitos obstáculos, como móveis ou eletrodomésticos, uma boa alternativa é apostar nos dispositivos com a tecnologia mesh. Eles funcionam como uma espécie de “malha”. Esses aparelhos são mais automatizados – a própria rede wireless é capaz de distribuir o sinal aos locais com maiores demandas – e apresentam melhores velocidade e cobertura, o que possibilita que o usuário circule pelo ambiente com uma conexão estável.

“Primeiramente, é preciso identificar qual realmente é o problema, se de fato é sinal fraco e não a internet lenta em sua origem. O repetidor é eficiente em um local que possui muitos obstáculos ou mesmo a interferência de vários aparelhos eletrônicos, o que impede uma boa conexão em certas áreas. Nessas situações, trocar o roteador não resolve, porque continuaria existindo um ponto cego. A melhor opção então é instalar um repetidor, ou repetidores, nos locais em que o sinal começa a falhar”, indica o executivo.

O diretor complementa que, apesar do seu bom desempenho na resolução dos problemas com cobertura de internet, ele deve ser utilizado com cautela. “Eles interligam a rede principal com os dispositivos. Então, é comum que haja uma queda de desempenho. Quanto mais repetidores forem instalados, menor pode ser a velocidade”, finaliza Marcello.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;