Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Japão registra déficit comercial maior que o esperado em janeiro



20/02/2017 | 05:18


O Japão registrou déficit comercial maior do que o esperado em janeiro, à medida que as importações tiveram seu primeiro aumento em dois anos, impulsionadas pela recuperação nos preços do petróleo.

No mês passado, o país asiático apresentou déficit na balança comercial de 1,087 trilhão de ienes. Economistas consultados pelo jornal financeiro Nikkei previam saldo negativo consideravelmente menor, de 629,3 bilhões de ienes.

As importações do Japão mostraram alta anual de 8,5% em janeiro, a primeira em 25 meses, totalizando 6,509 trilhões de ienes. Um dos principais fatores por trás do avanço foi um salto de 41% nos preços do petróleo em ienes.

Já as exportações subiram pelo segundo mês consecutivo em janeiro, exibindo alta de 1,3% na comparação anual. Analistas ouvidos pelo Wall Street Journal, contudo, previam aumento mais robusto, de 4,3%.

Apenas para os EUA, as exportações japonesas tiveram queda anual de 6,6% em janeiro, a 1,054 trilhão de ienes. De qualquer forma, o Japão garantiu superávit comercial com os EUA no valor de 399,3 bilhões de ienes no mês passado, ainda que seja 27% menor que o de um ano antes.

Os números do comércio do Japão com os EUA vêm sendo acompanhados de perto desde que o presidente americano, Donald Trump, acusou Tóquio de enfraquecer o iene de maneira artificial para favorecer seus exportadores. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Japão registra déficit comercial maior que o esperado em janeiro


20/02/2017 | 05:18


O Japão registrou déficit comercial maior do que o esperado em janeiro, à medida que as importações tiveram seu primeiro aumento em dois anos, impulsionadas pela recuperação nos preços do petróleo.

No mês passado, o país asiático apresentou déficit na balança comercial de 1,087 trilhão de ienes. Economistas consultados pelo jornal financeiro Nikkei previam saldo negativo consideravelmente menor, de 629,3 bilhões de ienes.

As importações do Japão mostraram alta anual de 8,5% em janeiro, a primeira em 25 meses, totalizando 6,509 trilhões de ienes. Um dos principais fatores por trás do avanço foi um salto de 41% nos preços do petróleo em ienes.

Já as exportações subiram pelo segundo mês consecutivo em janeiro, exibindo alta de 1,3% na comparação anual. Analistas ouvidos pelo Wall Street Journal, contudo, previam aumento mais robusto, de 4,3%.

Apenas para os EUA, as exportações japonesas tiveram queda anual de 6,6% em janeiro, a 1,054 trilhão de ienes. De qualquer forma, o Japão garantiu superávit comercial com os EUA no valor de 399,3 bilhões de ienes no mês passado, ainda que seja 27% menor que o de um ano antes.

Os números do comércio do Japão com os EUA vêm sendo acompanhados de perto desde que o presidente americano, Donald Trump, acusou Tóquio de enfraquecer o iene de maneira artificial para favorecer seus exportadores. Fonte: Dow Jones Newswires.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;