Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Auricchio promete reforma para março

Nario Barbosa/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Júnior Carvalho
Diário do Grande ABC

20/02/2017 | 07:00


O prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB), estima que enviará à Câmara o projeto de reforma administrativa até a primeira quinzena de março. Entre as mudanças estão a extinção oficial de secretarias e criação da Controladoria Geral do município.

Segundo o tucano, a proposta não foi encaminhada ao Legislativo ainda porque o texto não está pronto. “Falta a gente acabar de escrever (a medida). Nós vamos trocando nossas prioridades a todo momento, por isso não terminamos ainda”, explicou o chefe do Executivo.

Auricchio negou que o atraso no envio do projeto seja por temor de revés no Legislativo. O tucano conta com apoio de apenas nove dos 19 parlamentares. “Não (é problema político), é que o projeto não está pronto”, assegurou o prefeito. O governo tem se desdobrado para dialogar com os parlamentares e garantir adesão do chamado G-10 (grupo de dez parlamentares oposicionistas) para ver propostas de interesse do Paço aprovadas. No primeiro teste, o governo levou a melhor e conseguiu emplacar a aprovação de projeto que, na prática, liberava o uso de escola municipal que está instalada ao lado de um posto de gasolina.

Na semana passada, o tucano entregou ao presidente da Câmara, Pio Mielo (PMDB), a segunda proposta do governo nesta legislatura. O projeto propõe a criação de um Diário Oficial eletrônico para a administração. Por se tratar de iniciativa de transparência, a medida não deve sofrer resistência para passar.

As principais alterações na estrutura da administração do Palácio da Cerâmica dizem respeito à extinção da Secretaria de Comunicação, que será alocada na Pasta de Governo. O prefeito também anunciou, no ano passado, o nome da advogada Mylene Gambale como controladora-geral do Paço. Como o posto ainda não existe oficialmente, ela segue lotada como assistente legislativa no gabinete do prefeito.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Auricchio promete reforma para março

Júnior Carvalho
Diário do Grande ABC

20/02/2017 | 07:00


O prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB), estima que enviará à Câmara o projeto de reforma administrativa até a primeira quinzena de março. Entre as mudanças estão a extinção oficial de secretarias e criação da Controladoria Geral do município.

Segundo o tucano, a proposta não foi encaminhada ao Legislativo ainda porque o texto não está pronto. “Falta a gente acabar de escrever (a medida). Nós vamos trocando nossas prioridades a todo momento, por isso não terminamos ainda”, explicou o chefe do Executivo.

Auricchio negou que o atraso no envio do projeto seja por temor de revés no Legislativo. O tucano conta com apoio de apenas nove dos 19 parlamentares. “Não (é problema político), é que o projeto não está pronto”, assegurou o prefeito. O governo tem se desdobrado para dialogar com os parlamentares e garantir adesão do chamado G-10 (grupo de dez parlamentares oposicionistas) para ver propostas de interesse do Paço aprovadas. No primeiro teste, o governo levou a melhor e conseguiu emplacar a aprovação de projeto que, na prática, liberava o uso de escola municipal que está instalada ao lado de um posto de gasolina.

Na semana passada, o tucano entregou ao presidente da Câmara, Pio Mielo (PMDB), a segunda proposta do governo nesta legislatura. O projeto propõe a criação de um Diário Oficial eletrônico para a administração. Por se tratar de iniciativa de transparência, a medida não deve sofrer resistência para passar.

As principais alterações na estrutura da administração do Palácio da Cerâmica dizem respeito à extinção da Secretaria de Comunicação, que será alocada na Pasta de Governo. O prefeito também anunciou, no ano passado, o nome da advogada Mylene Gambale como controladora-geral do Paço. Como o posto ainda não existe oficialmente, ela segue lotada como assistente legislativa no gabinete do prefeito.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;