Fechar
Publicidade

Sábado, 16 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Laudos sobre objetos de possível cativeiro serão divulgados na 6ª


Do Diário OnLine

29/01/2002 | 12:37


Os laudos da perícia sobre os objetos suspeitos de terem alguma ligação com o seqüestro do prefeito Celso Daniel, encontrados em uma casa em Embu, devem ser divulgados na sexta-feira.

No imóvel que pertence à família de Cleiton Gomes, preso nesta terça-feira, foram encontrados um Santana azul, semelhante a um dos carros usados pelos bandidos no seqüestro do prefeito. Cleiton Gomes é acusado de participar do resgate de dois presos do presídio de segurança máxima José Parada Neto.

No porta-malas do carro, havia supostos fios de cabelos brancos, que poderiam ser de Celso. Porém, o Instituto Médico Legal já adiantou que o material não se tratava de cabelos, mas de pêlos de cães ou gato.

Na casa foram encontrados um envelope com o logotipo do restaurante Rubayat, churrascaria onde Celso jantou na noite do dia 18 de janeiro, e um pedaço de pano bege, cor da calça usada pelo prefeito no dia do seqüestro.

A polícia investiga também que as amostras de terra encontradas no cativeiro, nos sapatos do prefeito e do local onde o prefeito foi encontrado morto, em Juquitiba.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Laudos sobre objetos de possível cativeiro serão divulgados na 6ª

Do Diário OnLine

29/01/2002 | 12:37


Os laudos da perícia sobre os objetos suspeitos de terem alguma ligação com o seqüestro do prefeito Celso Daniel, encontrados em uma casa em Embu, devem ser divulgados na sexta-feira.

No imóvel que pertence à família de Cleiton Gomes, preso nesta terça-feira, foram encontrados um Santana azul, semelhante a um dos carros usados pelos bandidos no seqüestro do prefeito. Cleiton Gomes é acusado de participar do resgate de dois presos do presídio de segurança máxima José Parada Neto.

No porta-malas do carro, havia supostos fios de cabelos brancos, que poderiam ser de Celso. Porém, o Instituto Médico Legal já adiantou que o material não se tratava de cabelos, mas de pêlos de cães ou gato.

Na casa foram encontrados um envelope com o logotipo do restaurante Rubayat, churrascaria onde Celso jantou na noite do dia 18 de janeiro, e um pedaço de pano bege, cor da calça usada pelo prefeito no dia do seqüestro.

A polícia investiga também que as amostras de terra encontradas no cativeiro, nos sapatos do prefeito e do local onde o prefeito foi encontrado morto, em Juquitiba.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;