Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 15 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Ministros de Finanças do G-7 discutirão nesta semana resposta ao coronavírus



02/03/2020 | 13:10


Os ministros das Finanças dos países do G-7 terão uma teleconferência nesta semana para coordenar sua resposta ao novo coronavírus, como parte do esforço mais amplo para limitar o impacto econômico do surto, afirmou o ministro das Finanças francês, Bruno Le Maire, nesta segunda-feira, 2.

"Haverá uma ação coordenada", afirmou Le Maire à televisão francesa, acrescentando que o objetivo dos formuladores da política é garantir "que este impacto significativo no crescimento seja o mais breve possível".

Le Maire disse que falou por telefone no domingo com o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, que atualmente é presidente do G-7, e deve conversar nesta semana com a presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde.

O ministro francês disse que a discussão entre os ministros do grupo deve ocorrer por telefone "porque não devemos viajar muito". Uma reunião similar de ministros de Finanças das nações da zona do euro também é planejada, informou Le Maire.

A autoridade não quis discutir em detalhes o impacto econômico na França por causa do coronavírus, mas adiantou que ele será "muito mais significativo" que o recuo de 0,1 ponto porcentual no Produto Interno Bruto (PIB) antes projetado por Le Maire quando o surto era limitado à China. Com informações da Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ministros de Finanças do G-7 discutirão nesta semana resposta ao coronavírus


02/03/2020 | 13:10


Os ministros das Finanças dos países do G-7 terão uma teleconferência nesta semana para coordenar sua resposta ao novo coronavírus, como parte do esforço mais amplo para limitar o impacto econômico do surto, afirmou o ministro das Finanças francês, Bruno Le Maire, nesta segunda-feira, 2.

"Haverá uma ação coordenada", afirmou Le Maire à televisão francesa, acrescentando que o objetivo dos formuladores da política é garantir "que este impacto significativo no crescimento seja o mais breve possível".

Le Maire disse que falou por telefone no domingo com o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, que atualmente é presidente do G-7, e deve conversar nesta semana com a presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde.

O ministro francês disse que a discussão entre os ministros do grupo deve ocorrer por telefone "porque não devemos viajar muito". Uma reunião similar de ministros de Finanças das nações da zona do euro também é planejada, informou Le Maire.

A autoridade não quis discutir em detalhes o impacto econômico na França por causa do coronavírus, mas adiantou que ele será "muito mais significativo" que o recuo de 0,1 ponto porcentual no Produto Interno Bruto (PIB) antes projetado por Le Maire quando o surto era limitado à China. Com informações da Dow Jones Newswires.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;