Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 29 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

‘DOC.malcriadas’ estreia amanhã na Capital

Marcelo Vilas Boas/Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Peça dirigida por Lee Taylor tem curta temporada no Teatro João Caetano


Miriam Gimenes
Do Diário do Grande ABC

19/02/2020 | 23:04


Foi em pesquisa sobre os valores morais que fundamentam o que se chama de ‘família tradicional brasileira’, que Lee Taylor se baseou para fazer o espetáculo DOC.malcriadas, que entra em cartaz amanhã, às 21h, no Teatro João Caetano (Rua Borges Lagoa, 650), em São Paulo.

A peça mostra um estranho dia de faxina em que empregadas domésticas paralisaram sua rotina de serviço na casa de uma família. A obra, poética-documental, concebida a partir do encontro das atrizes com domésticas que atuam na cidade de São Paulo, expõe testemunhos que revelam comportamentos profundamente enraizados em nossa sociedade pós-escravista e que se refletem em desigualdade social no País.

Em cartaz até 1º de março no espaço, o espetáculo, gratuito, será apresentado também sábado (21h) e domingo (19h). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

‘DOC.malcriadas’ estreia amanhã na Capital

Peça dirigida por Lee Taylor tem curta temporada no Teatro João Caetano

Miriam Gimenes
Do Diário do Grande ABC

19/02/2020 | 23:04


Foi em pesquisa sobre os valores morais que fundamentam o que se chama de ‘família tradicional brasileira’, que Lee Taylor se baseou para fazer o espetáculo DOC.malcriadas, que entra em cartaz amanhã, às 21h, no Teatro João Caetano (Rua Borges Lagoa, 650), em São Paulo.

A peça mostra um estranho dia de faxina em que empregadas domésticas paralisaram sua rotina de serviço na casa de uma família. A obra, poética-documental, concebida a partir do encontro das atrizes com domésticas que atuam na cidade de São Paulo, expõe testemunhos que revelam comportamentos profundamente enraizados em nossa sociedade pós-escravista e que se refletem em desigualdade social no País.

Em cartaz até 1º de março no espaço, o espetáculo, gratuito, será apresentado também sábado (21h) e domingo (19h). 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;