Fechar
Publicidade

Domingo, 12 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Maurren ganha ouro e Keila, a prata no Sul-Americano


da Redação

03/06/2011 | 07:15


Mesmo com desempenho abaixo do esperado, a brasileira Maurren Maggi garantiu ontem medalha de ouro no salto em distância no Campeonato Sul-Americano de atletismo, em Buenos Aires. Foi preciso apenas alcançar a marca de 6,62 m para faturar o título, aquém dos 6,89 m que ela conseguiu no GP de São Paulo, terceira melhor do ano.

 "Estou feliz com a medalha de ouro, a minha sexta deste campeonato. Só não gostei da marca. O frio atrapalhou bastante o desempenho. Estava fazendo média de resultados muito melhores no Brasil e hoje (ontem) ninguém fez um bom salto", avaliou Maurren.

Outra brasileira também subiu ao pódio. Keila Costa saltou 6,45 m e ficou com a medalha de prata. O bronze foi para a colombiana Caterine Ibarguen.

Preparando-se para o salto triplo, amanhã, Keila se mostrou insatisfeita com o resultado de ontem. "Não conseguiu acertar as marcas da pista e acabei queimando dois bons saltos", lamentou a pernambucana.

Após o Sul-Americano, tanto Maurren quanto Keila seguem para Madri. Elas ficam na capital espanhola por 20 dias treinando para competições europeias, preparatórias para o Mundial de Daegu, na Coreia do Sul, em agosto.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Maurren ganha ouro e Keila, a prata no Sul-Americano

da Redação

03/06/2011 | 07:15


Mesmo com desempenho abaixo do esperado, a brasileira Maurren Maggi garantiu ontem medalha de ouro no salto em distância no Campeonato Sul-Americano de atletismo, em Buenos Aires. Foi preciso apenas alcançar a marca de 6,62 m para faturar o título, aquém dos 6,89 m que ela conseguiu no GP de São Paulo, terceira melhor do ano.

 "Estou feliz com a medalha de ouro, a minha sexta deste campeonato. Só não gostei da marca. O frio atrapalhou bastante o desempenho. Estava fazendo média de resultados muito melhores no Brasil e hoje (ontem) ninguém fez um bom salto", avaliou Maurren.

Outra brasileira também subiu ao pódio. Keila Costa saltou 6,45 m e ficou com a medalha de prata. O bronze foi para a colombiana Caterine Ibarguen.

Preparando-se para o salto triplo, amanhã, Keila se mostrou insatisfeita com o resultado de ontem. "Não conseguiu acertar as marcas da pista e acabei queimando dois bons saltos", lamentou a pernambucana.

Após o Sul-Americano, tanto Maurren quanto Keila seguem para Madri. Elas ficam na capital espanhola por 20 dias treinando para competições europeias, preparatórias para o Mundial de Daegu, na Coreia do Sul, em agosto.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;