Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 23 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Medo de morrer faz suspeito desistir de crime e comparsa é preso

PM foi acionada por vizinhos, que perceberam a movimentação na casa da Vila Aparecida


Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

02/11/2013 | 07:00


O celular pertencente a uma quadrilha presa em flagrante pela PM (Polícia Militar) de Ribeirão Pires por roubo a residência, na noite de quinta-feira, revelou algo inusitado. Um dos integrantes do bando desistiu de participar da ação instantes antes da reunião do grupo porque sonhou na noite anterior que iria morrer.

Segundo o registro da ocorrência feito na delegacia da cidade, a PM foi acionada por vizinhos, que perceberam a movimentação na casa da Vila Aparecida. Ao chegar ao local, a viatura flagrou a janela da sala aberta, com três pessoas rendidas e um dos suspeitos em pé, armado.

Ao ver os policiais, Giovane Silva Rossi, 20 anos, que estava na sala, entregou-se. Ele jogou a arma para os comparsas, que fugiram por uma janela dos fundos da residência.

Assim como o autor da mensagem de texto, Rossi é morador da Zona Leste da Capital. O indiciado, no entanto, não tem passagens anteriores pela polícia.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Medo de morrer faz suspeito desistir de crime e comparsa é preso

PM foi acionada por vizinhos, que perceberam a movimentação na casa da Vila Aparecida

Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

02/11/2013 | 07:00


O celular pertencente a uma quadrilha presa em flagrante pela PM (Polícia Militar) de Ribeirão Pires por roubo a residência, na noite de quinta-feira, revelou algo inusitado. Um dos integrantes do bando desistiu de participar da ação instantes antes da reunião do grupo porque sonhou na noite anterior que iria morrer.

Segundo o registro da ocorrência feito na delegacia da cidade, a PM foi acionada por vizinhos, que perceberam a movimentação na casa da Vila Aparecida. Ao chegar ao local, a viatura flagrou a janela da sala aberta, com três pessoas rendidas e um dos suspeitos em pé, armado.

Ao ver os policiais, Giovane Silva Rossi, 20 anos, que estava na sala, entregou-se. Ele jogou a arma para os comparsas, que fugiram por uma janela dos fundos da residência.

Assim como o autor da mensagem de texto, Rossi é morador da Zona Leste da Capital. O indiciado, no entanto, não tem passagens anteriores pela polícia.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;