Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

PM é baleado ao tentar impedir assalto em sua casa

Soldado à paisana não percebeu que estava sendo seguido após deixar banco no bairro Jardim


Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

02/11/2013 | 07:00


Um soldado da PM (Polícia Militar) foi baleado ao reagir a uma tentativa de assalto em sua casa, na Vila Guiomar, em Santo André, na tarde de ontem. A dupla suspeita conseguiu fugir, abandonando a moto usada no crime no estacionamento de um condomínio e pulando os muros de residências vizinhas antes da chegada das viaturas da corporação que foram acionadas para atender a ocorrência.

Segundo o registro do caso feito no 4º DP (Jardim) da cidade, o miliciano, de 44 anos e que trabalha no 10º Batalhão da PM, responsável justamente pelo patrulhamento da área, não percebeu que estava sendo seguido pelos dois criminosos após deixar uma agência bancária no bairro Jardim, onde sacou quantia em dinheiro não revelada. Armado com a pistola ponto 40 da corporação, ele estava à paisana e tinha acabado de deixar o trabalho.

Quando parou em frente à garagem para aguardar a abertura do portão eletrônico, a moto dos criminosos emparelhou com o Polo prata do soldado. Ele suspeitou que poderia se tratar de tentativa de roubo e anunciou aos suspeitos que estava armado. Foi quando o garupa desceu do veículo e passou a fazer os disparos, dando início ao tiroteio.

O miliciano foi atingido no ombro e costela direitos e encaminhado ao Pronto-Socorro Municipal, onde permanecia internado em estado estável até o fechamento desta edição.

Em seu depoimento prestado no hospital, o soldado informou que conseguiu alvejar o suspeito, mas não havia registros de atendimento por ferimentos à bala nos hospitais da cidade.

A equipe de investigação da Polícia Civil teve acesso às imagens da câmera de segurança do condomínio no qual os criminosos abandonaram a moto. O garupa apontado como o responsável pelos disparos contra o policial é visto usando um capacete preto, camisa social azul de manga longa, calça jeans e bolsa de estilo carteiro.

Com placa de Jacareí, cidade a 87 quilômetros da Capital, a moto BMW G 650 GS vermelha usada pelos suspeitos não apresentava queixa de furto ou roubo. Entretanto, a polícia identificou que o número do chassi estava adulterado.

O veículo tem diversas multas por excesso de velocidade não só em ruas andreenses, mas também em São Bernardo e São Caetano. Em contato com os investigadores, o proprietário disse ter sido vítima de falsificação, já que nunca esteve no Grande ABC. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PM é baleado ao tentar impedir assalto em sua casa

Soldado à paisana não percebeu que estava sendo seguido após deixar banco no bairro Jardim

Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

02/11/2013 | 07:00


Um soldado da PM (Polícia Militar) foi baleado ao reagir a uma tentativa de assalto em sua casa, na Vila Guiomar, em Santo André, na tarde de ontem. A dupla suspeita conseguiu fugir, abandonando a moto usada no crime no estacionamento de um condomínio e pulando os muros de residências vizinhas antes da chegada das viaturas da corporação que foram acionadas para atender a ocorrência.

Segundo o registro do caso feito no 4º DP (Jardim) da cidade, o miliciano, de 44 anos e que trabalha no 10º Batalhão da PM, responsável justamente pelo patrulhamento da área, não percebeu que estava sendo seguido pelos dois criminosos após deixar uma agência bancária no bairro Jardim, onde sacou quantia em dinheiro não revelada. Armado com a pistola ponto 40 da corporação, ele estava à paisana e tinha acabado de deixar o trabalho.

Quando parou em frente à garagem para aguardar a abertura do portão eletrônico, a moto dos criminosos emparelhou com o Polo prata do soldado. Ele suspeitou que poderia se tratar de tentativa de roubo e anunciou aos suspeitos que estava armado. Foi quando o garupa desceu do veículo e passou a fazer os disparos, dando início ao tiroteio.

O miliciano foi atingido no ombro e costela direitos e encaminhado ao Pronto-Socorro Municipal, onde permanecia internado em estado estável até o fechamento desta edição.

Em seu depoimento prestado no hospital, o soldado informou que conseguiu alvejar o suspeito, mas não havia registros de atendimento por ferimentos à bala nos hospitais da cidade.

A equipe de investigação da Polícia Civil teve acesso às imagens da câmera de segurança do condomínio no qual os criminosos abandonaram a moto. O garupa apontado como o responsável pelos disparos contra o policial é visto usando um capacete preto, camisa social azul de manga longa, calça jeans e bolsa de estilo carteiro.

Com placa de Jacareí, cidade a 87 quilômetros da Capital, a moto BMW G 650 GS vermelha usada pelos suspeitos não apresentava queixa de furto ou roubo. Entretanto, a polícia identificou que o número do chassi estava adulterado.

O veículo tem diversas multas por excesso de velocidade não só em ruas andreenses, mas também em São Bernardo e São Caetano. Em contato com os investigadores, o proprietário disse ter sido vítima de falsificação, já que nunca esteve no Grande ABC. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;