Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Maioria dos venezuelanos acha que Chávez será afastado


Da AFP

27/06/2004 | 15:48


A maioria dos venezuelanos acredita que o presidente Hugo Chávez terá seu mandato revogado no referendo do dia 15 de agosto. De acordo com pesquisa do instituto Mercanálisis, 54% dos venezuelanos acham que Chávez não vai ficar no poder — contra 33% dos que acreditam na permanência do líder.

A pesquisa, realizada entre 20 de maio e 5 de junho, indica que 85% dos consultados disseram que vão votar no referendo, contra 12% que vão se abster. Foram entrevistadas 900 pessoas.

Diante da pergunta "o governo nacional fez um bom ou um mau trabalho pela população venezuelana?", 51% responderam mau e 48% votaram no bom.

Sobre a imparcialidade do Conselho Nacional Eleitoral frente ao processo de referendo, 50% dos consultados acham que o órgão foi imparcial e 40% acreditam que ele favorece Chávez.

A pesquisa também revelou que os venezuelanos estão polarizados sobre uma suposta postura "ditatorial" do presidente, como a oposição acusa. Segundo a pesquisa, 41% dos venezuelanos acham que Chávez é "ditatorial", enquanto que 41% o acham "democrática".

A Mercanálisis acrescenta que o desemprego continua sendo o maior problema para os venezuelanos (40%), seguido pela violência (27%), a crise política (14%) e o alto custo de vida (8%).

Por outro lado, a pesquisa aponta que 60% dos venezuelanos acreditam que o futuro do país vai ser melhor, contra 39% que se mostram pessimistas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Maioria dos venezuelanos acha que Chávez será afastado

Da AFP

27/06/2004 | 15:48


A maioria dos venezuelanos acredita que o presidente Hugo Chávez terá seu mandato revogado no referendo do dia 15 de agosto. De acordo com pesquisa do instituto Mercanálisis, 54% dos venezuelanos acham que Chávez não vai ficar no poder — contra 33% dos que acreditam na permanência do líder.

A pesquisa, realizada entre 20 de maio e 5 de junho, indica que 85% dos consultados disseram que vão votar no referendo, contra 12% que vão se abster. Foram entrevistadas 900 pessoas.

Diante da pergunta "o governo nacional fez um bom ou um mau trabalho pela população venezuelana?", 51% responderam mau e 48% votaram no bom.

Sobre a imparcialidade do Conselho Nacional Eleitoral frente ao processo de referendo, 50% dos consultados acham que o órgão foi imparcial e 40% acreditam que ele favorece Chávez.

A pesquisa também revelou que os venezuelanos estão polarizados sobre uma suposta postura "ditatorial" do presidente, como a oposição acusa. Segundo a pesquisa, 41% dos venezuelanos acham que Chávez é "ditatorial", enquanto que 41% o acham "democrática".

A Mercanálisis acrescenta que o desemprego continua sendo o maior problema para os venezuelanos (40%), seguido pela violência (27%), a crise política (14%) e o alto custo de vida (8%).

Por outro lado, a pesquisa aponta que 60% dos venezuelanos acreditam que o futuro do país vai ser melhor, contra 39% que se mostram pessimistas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;