Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 17 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Ladrões 'limpam' escola em Sto. André


Willian Novaes
Do Diário do Grande ABC

06/01/2010 | 07:00


Ladrões invadiram e levaram todos os equipamentos de informática e os eletrodomésticos da Emeif Professor Antonio Virgílio Zaniboni, no Jardim do Estádio, em Santo André, no domingo. A unidade de ensino é uma das quatro que foram arrombadas no fim de semana prolongado no Grande ABC. Outras duas também ficam em Santo André e uma em São Caetano.

Na escola do Jardim Estádio estudam cerca de 800 alunos nos ensinos Infantil, Fundamental e no Programa EJA (Educação para Jovens e Adultos) que estão em período de férias.

Os criminosos arrombaram portas e janelas da unidade. Eles também fizeram diversas pichações nas paredes das salas de aulas e da diretoria e nas mesas, com a sigla PCC (nome da facção criminosa Primeiro Comando da Capital). Também escreveram ameaças à diretora da instituição de ensino.

Até o começo da tarde de ontem, os funcionários ainda limpavam a sujeira deixada pelos vândalos. As portas e as janelas foram recolocadas por funcionários da manutenção.

O crime foi descoberto apenas na manhã de segunda-feira quando ocorreu o retorno dos trabalhadores do fim de semana prolongado.

"Está complicado trabalhar aqui, não tem segurança e a escola fica sem proteção nos fins de semana", disse um funcionário que não quis se identificar.

O colégio está localizado na Avenida Áurea, em uma área cercada de árvores e com bancos no meio da praça. A ação dos bandidos não pôde ser notada por vizinhos ou pedestre, porque o prédio fica na parte baixa do terreno, sem visão para quem está na rua.

FURADEIRA E MÁQUINAS - Ontem, os empregados da diretoria ainda tentavam colocar no lugar os armários com os documentos e os históricos dos estudantes.

Entre os objetos levados pela quadrilha estão computadores, impressoras, máquinas fotográficas, aparelhos de DVD, karaokê e videokê, videocassete, furadeira elétrica, máquina de costura, aparelhos de som, liquidificador e batedeira, entre outros.

Segundo a Prefeitura de Santo André, desde a descoberta do furto, a segurança tem sido realizada pelos homens da GCM (Guarda Civil Metropolitana) 24 horas por dia.

A administração municipal informou que a manutenção do prédio já começou, assim como a reposição do material roubado. A gerente de ensino fundamental, Silvia Baldijão, garantiu que o retorno das aulas será na data prevista, que é 8 de fevereiro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ladrões 'limpam' escola em Sto. André

Willian Novaes
Do Diário do Grande ABC

06/01/2010 | 07:00


Ladrões invadiram e levaram todos os equipamentos de informática e os eletrodomésticos da Emeif Professor Antonio Virgílio Zaniboni, no Jardim do Estádio, em Santo André, no domingo. A unidade de ensino é uma das quatro que foram arrombadas no fim de semana prolongado no Grande ABC. Outras duas também ficam em Santo André e uma em São Caetano.

Na escola do Jardim Estádio estudam cerca de 800 alunos nos ensinos Infantil, Fundamental e no Programa EJA (Educação para Jovens e Adultos) que estão em período de férias.

Os criminosos arrombaram portas e janelas da unidade. Eles também fizeram diversas pichações nas paredes das salas de aulas e da diretoria e nas mesas, com a sigla PCC (nome da facção criminosa Primeiro Comando da Capital). Também escreveram ameaças à diretora da instituição de ensino.

Até o começo da tarde de ontem, os funcionários ainda limpavam a sujeira deixada pelos vândalos. As portas e as janelas foram recolocadas por funcionários da manutenção.

O crime foi descoberto apenas na manhã de segunda-feira quando ocorreu o retorno dos trabalhadores do fim de semana prolongado.

"Está complicado trabalhar aqui, não tem segurança e a escola fica sem proteção nos fins de semana", disse um funcionário que não quis se identificar.

O colégio está localizado na Avenida Áurea, em uma área cercada de árvores e com bancos no meio da praça. A ação dos bandidos não pôde ser notada por vizinhos ou pedestre, porque o prédio fica na parte baixa do terreno, sem visão para quem está na rua.

FURADEIRA E MÁQUINAS - Ontem, os empregados da diretoria ainda tentavam colocar no lugar os armários com os documentos e os históricos dos estudantes.

Entre os objetos levados pela quadrilha estão computadores, impressoras, máquinas fotográficas, aparelhos de DVD, karaokê e videokê, videocassete, furadeira elétrica, máquina de costura, aparelhos de som, liquidificador e batedeira, entre outros.

Segundo a Prefeitura de Santo André, desde a descoberta do furto, a segurança tem sido realizada pelos homens da GCM (Guarda Civil Metropolitana) 24 horas por dia.

A administração municipal informou que a manutenção do prédio já começou, assim como a reposição do material roubado. A gerente de ensino fundamental, Silvia Baldijão, garantiu que o retorno das aulas será na data prevista, que é 8 de fevereiro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;