Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Prefeitura promete estátua no Ipiranguinha em homenagem a Pelé

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Objeto faz parte das ações para manter viva memória do primeiro gol do Rei do Futebol


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

12/12/2019 | 07:00


Palco do primeiro gol de Pelé como profissional, Santo André pretende realizar ações para que o fato faça ainda mais parte da história local. Depois de recuperar a súmula da partida entre o Corinthians andreense e o Santos, disputado no antigo Estádio Américo Guazzelli, hoje sede do Corintinha, em 7 de setembro de 1956 e que comprova a veracidade dos fatos, agora a Prefeitura pretende construir estátua do Rei do Futebol bem em frente ao clube, ou seja, no Parque Antônio Flaquer, o popular Ipiranguinha, que será completamente reformado.

Detalhes ainda são mantidos em sigilo, mas a intenção é construir um local que possa ser visitado por sua importância histórica. Afinal, foi o primeiro dos 1.281 gols marcados por Pelé em sua carreira como jogador.

“O parque vai passar por um processo de revitalização, que está acontecendo em todos os parques da cidade, mas agora, com o surgimento da súmula que comprova que o gol foi em Santo André, o Ipiranguinha vai receber uma homenagem ao primeiro gol do Pelé. Assim vamos atender esses anseios de preservação da memória da cidade e colocar Santo André definitivamente como marco oficial da história do futebol no Brasil e do Rei Pelé”, declarou o prefeito Paulo Serra (PSDB).

A súmula original daquele Corinthians x Santos está exposta no Museu de Santo André Dr. Octaviano Armando Gaiarsa juntamente com recortes de jornal e fotos da época. O documento foi doado por Milton Sacilotto, filho de um dos organizadores daquela partida, Nelson Sacilotto. A visitação ao objeto pode ser realizada pelo público de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h30, e aos sábados, das 8h30 às 14h30. A entrada é gratuita. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Prefeitura promete estátua no Ipiranguinha em homenagem a Pelé

Objeto faz parte das ações para manter viva memória do primeiro gol do Rei do Futebol

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

12/12/2019 | 07:00


Palco do primeiro gol de Pelé como profissional, Santo André pretende realizar ações para que o fato faça ainda mais parte da história local. Depois de recuperar a súmula da partida entre o Corinthians andreense e o Santos, disputado no antigo Estádio Américo Guazzelli, hoje sede do Corintinha, em 7 de setembro de 1956 e que comprova a veracidade dos fatos, agora a Prefeitura pretende construir estátua do Rei do Futebol bem em frente ao clube, ou seja, no Parque Antônio Flaquer, o popular Ipiranguinha, que será completamente reformado.

Detalhes ainda são mantidos em sigilo, mas a intenção é construir um local que possa ser visitado por sua importância histórica. Afinal, foi o primeiro dos 1.281 gols marcados por Pelé em sua carreira como jogador.

“O parque vai passar por um processo de revitalização, que está acontecendo em todos os parques da cidade, mas agora, com o surgimento da súmula que comprova que o gol foi em Santo André, o Ipiranguinha vai receber uma homenagem ao primeiro gol do Pelé. Assim vamos atender esses anseios de preservação da memória da cidade e colocar Santo André definitivamente como marco oficial da história do futebol no Brasil e do Rei Pelé”, declarou o prefeito Paulo Serra (PSDB).

A súmula original daquele Corinthians x Santos está exposta no Museu de Santo André Dr. Octaviano Armando Gaiarsa juntamente com recortes de jornal e fotos da época. O documento foi doado por Milton Sacilotto, filho de um dos organizadores daquela partida, Nelson Sacilotto. A visitação ao objeto pode ser realizada pelo público de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h30, e aos sábados, das 8h30 às 14h30. A entrada é gratuita. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;