Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 11 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Vaticano desmente a renúncia do Papa


Do Diário do Grande ABC

06/11/2000 | 10:13


O porta-voz do Vaticano, Joaquín Navarro Valls, confirmou nesta segunda-feira a intençao do Papa Joao Paulo II de viajar em junho do próximo ano à Ucrânia e aproveitou para desmentir os rumores de sua possível renúncia no Natal.

A possibilidade de que o Papa, de 80 anos de idade e saúde precária, possa renunciar foi evocada no último sábado pelo jornal alemao Bild, segundo o qual ``o Vaticano está preparado para isso, devido às más condiçoes de saúde de Joao Paulo II''.

``A notícia nao tem nenhum fundamento'', afirmou Navarro Valls. ``Ao contrário, posso confirmar que o sumo pontífice viajará à Ucrânia em junho do próximo ano'', adiantou, para demonstrar a intençao de Joao Paulo II de continuar exercendo seu ministério.

A visita do chefe da Igreja Católica à Ucrânica, a convite do presidente Leonid Kuchma, foi anunciada em outubro último pelas autoridades de Kiev.

O Papa deseja há muito tempo viajar a esse país, onde há um conflito sobre as propriedades eclesiásticas entre a Igreja Católica e a Igreja Ortodoxa local.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vaticano desmente a renúncia do Papa

Do Diário do Grande ABC

06/11/2000 | 10:13


O porta-voz do Vaticano, Joaquín Navarro Valls, confirmou nesta segunda-feira a intençao do Papa Joao Paulo II de viajar em junho do próximo ano à Ucrânia e aproveitou para desmentir os rumores de sua possível renúncia no Natal.

A possibilidade de que o Papa, de 80 anos de idade e saúde precária, possa renunciar foi evocada no último sábado pelo jornal alemao Bild, segundo o qual ``o Vaticano está preparado para isso, devido às más condiçoes de saúde de Joao Paulo II''.

``A notícia nao tem nenhum fundamento'', afirmou Navarro Valls. ``Ao contrário, posso confirmar que o sumo pontífice viajará à Ucrânia em junho do próximo ano'', adiantou, para demonstrar a intençao de Joao Paulo II de continuar exercendo seu ministério.

A visita do chefe da Igreja Católica à Ucrânica, a convite do presidente Leonid Kuchma, foi anunciada em outubro último pelas autoridades de Kiev.

O Papa deseja há muito tempo viajar a esse país, onde há um conflito sobre as propriedades eclesiásticas entre a Igreja Católica e a Igreja Ortodoxa local.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;