Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Taxa de homicídios aumenta pelo 3º mês seguido na região

Número de vítimas de assassinatos chegou a 12 em outubro; alta de 33% em relação a 2017


Bia Moço
Do Diário do Grande ABC

30/11/2018 | 07:00


 O Grande ABC registrou aumento no número de vítimas de homicídio pelo terceiro mês consecutivo em outubro. Segundo as estatísticas criminais da SSP (Secretaria da Segurança Pública) de São Paulo, divulgadas ontem, a região apresentou alta de 33% nos casos em comparação com o mesmo período do ano passado – passaram de nove para 12 casos.

No mês de setembro, os dados apontaram aumento de 27% – subiram de 11 para 14 as ocorrências. Já em agosto, os registros tiveram alta de 20% na comparação com o mesmo mês do ano passado, – de 15 casos, em 2017, para 18 neste ano.

Assim como nos levantamentos anteriores, o município de Santo André lidera o ranking de homicídios (veja tabela acima).

O cenário do Grande ABC acompanhou a tendência estadual. Segundo o levantamento da SSP, foi observado aumento das taxas de homicídio em todo o Estado na comparação com o ano anterior. As ocorrências do crime tiveram alta de 3,7%, com 251 casos no último mês, ante 242 em outubro de 2017. Já na Capital, o índice apresentou aumento de 9,8% – 51 para 56 registros.

 

OUTROS ÍNDICES

Em contrapartida, houve queda no número de casos de roubo e furto, tanto de pertences como de veículos. A queda no número de roubos em geral foi de 8,2%, passando de 2.092 casos para 1.919. Já o número de furtos caiu 10,3% – de 2.005 registros para 1.797.

No caso dos veículos, a quantidade de roubos baixou 16,3% – de 869 em 2017 para 727 em 2018. Em relação ao furto de veículos, a queda foi de 4%, passando de 819 casos para 786 no mesmo período.

 

A equipe do Diário procurou o CPAM-6 (Comando de Policiamento de Área Metropolitano), responsável pela Polícia Militar no Grande ABC, no entanto, a assessoria de imprensa informou que o comandante da PM na região, coronel Ronaldo Gonçalves Faro, só irá se pronunciar sobre o tema na noite de hoje, durante evento de premiação do melhor dos seis batalhões entre as sete cidades.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Taxa de homicídios aumenta pelo 3º mês seguido na região

Número de vítimas de assassinatos chegou a 12 em outubro; alta de 33% em relação a 2017

Bia Moço
Do Diário do Grande ABC

30/11/2018 | 07:00


 O Grande ABC registrou aumento no número de vítimas de homicídio pelo terceiro mês consecutivo em outubro. Segundo as estatísticas criminais da SSP (Secretaria da Segurança Pública) de São Paulo, divulgadas ontem, a região apresentou alta de 33% nos casos em comparação com o mesmo período do ano passado – passaram de nove para 12 casos.

No mês de setembro, os dados apontaram aumento de 27% – subiram de 11 para 14 as ocorrências. Já em agosto, os registros tiveram alta de 20% na comparação com o mesmo mês do ano passado, – de 15 casos, em 2017, para 18 neste ano.

Assim como nos levantamentos anteriores, o município de Santo André lidera o ranking de homicídios (veja tabela acima).

O cenário do Grande ABC acompanhou a tendência estadual. Segundo o levantamento da SSP, foi observado aumento das taxas de homicídio em todo o Estado na comparação com o ano anterior. As ocorrências do crime tiveram alta de 3,7%, com 251 casos no último mês, ante 242 em outubro de 2017. Já na Capital, o índice apresentou aumento de 9,8% – 51 para 56 registros.

 

OUTROS ÍNDICES

Em contrapartida, houve queda no número de casos de roubo e furto, tanto de pertences como de veículos. A queda no número de roubos em geral foi de 8,2%, passando de 2.092 casos para 1.919. Já o número de furtos caiu 10,3% – de 2.005 registros para 1.797.

No caso dos veículos, a quantidade de roubos baixou 16,3% – de 869 em 2017 para 727 em 2018. Em relação ao furto de veículos, a queda foi de 4%, passando de 819 casos para 786 no mesmo período.

 

A equipe do Diário procurou o CPAM-6 (Comando de Policiamento de Área Metropolitano), responsável pela Polícia Militar no Grande ABC, no entanto, a assessoria de imprensa informou que o comandante da PM na região, coronel Ronaldo Gonçalves Faro, só irá se pronunciar sobre o tema na noite de hoje, durante evento de premiação do melhor dos seis batalhões entre as sete cidades.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;