Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

PT de Sto.André é condenado na Justiça


Raphael Rocha

28/11/2018 | 07:00


O PT se coloca como partido de defesa dos trabalhadores e é uma das legendas na linha de frente nas críticas à reforma trabalhista promovida pelo presidente Michel Temer (MDB). Porém, em Santo André, a sigla foi condenada por irregularidade trabalhista. Um ex-funcionário do diretório andreense moveu ação contra o PT, alegando que era recepcionista, motorista e telefonista, mas que não teve a carteira assinada neste período. A Justiça trabalhista deu ganho de causa ao ex-funcionário e determinou que o PT pagasse R$ 40 mil em indenização. A ação incluiu também o deputado estadual Luiz Turco (PT) e o ex-secretário Carlos Sanches, o Carlão (PT), já que o rapaz alegou que se reportava a ele dentro do diretório. Atual presidente do PT de Santo André, José Paulo Nogueira avisou que o corpo jurídico da legenda ingressará com recurso contra a decisão de primeira instância.

BASTIDORES

Fim do prazo
Terminou ontem o prazo estabelecido pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para que candidatos que disputaram o pleito de outubro retirem das ruas as propagandas eleitorais. O artigo 115 da resolução 23.551/2017 diz que “os responsáveis pela propaganda que desrespeitarem essa regra estarão sujeitos às consequências previstas na legislação comum aplicável”, como multa.

Credenciou
O vereador Ronaldo Lacerda (PT), de Diadema, já avisou correligionários que colocará o nome para concorrer à Prefeitura em 2020. Se houver prévias, quer disputar. Pessoas próximas ao parlamentar dizem que sua votação na cidade (12,5 mil votos só em Diadema) credencia o vereador a buscar voos maiores. Ele está no segundo mandato na Casa.

Retorno
O prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), definiu o substituto de Márcio Canuto (PSDB), exonerado da Secretaria de Meio Ambiente. O socialista publicou a contratação de Temístocles Cristófaro para comandar a Pasta. Ex-secretário em Ribeirão Pires – durante o governo de Clóvis Volpi (Patriota), Cristófaro estava no primeiro escalão da gestão interina de Alaíde Damo (MDB) em Mauá.

De olho
A situação jurídica de Mário Maurici Lima de Moraes (PT), ex-prefeito de Franco da Rocha, ex-secretário de Santo André e deputado estadual eleito, tem gerado expectativa no PSDB. Maurici teve sua candidatura contestada pelo Ministério Público, questionamento esse considerado válido pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Embora esteja recorrendo, há risco de o petista não tomar posse. Dentro do corpo jurídico do tucanato há tese de que, se anulados os 74.254 votos de Maurici, haverá redistribuição de cadeiras e Patrícia Bezerra (PSDB) herdaria a vaga.

Condenação
Ex-prefeito de Ribeirão Pires, Saulo Benevides (MDB) ganhou, na Justiça, ação movida contra organizadores do grupo Pensar Ribeirão Pires, do Facebook. O emedebista reclamou de notícia contra ele – Saulo disse ser fake news – publicada na rede social e que não foi retirada pela página. A Justiça entendeu que os moderadores do grupo deveriam ter excluído o conteúdo, mesmo não sendo autores da postagem. Os responsáveis pela página fazem vaquinha virtual para quitar a multa de R$ 20 mil.

Evento
Na quarta-feira, São Caetano promove o 2º Seminário Integridade na Administração Pública e a 4ª Reunião Técnica da Rede Paulista de Controladorias, para debater, em especial, mecanismos de combate à corrupção dentro de órgãos públicos. As atividades acontecem no campus Centro da USCS (Universidade Municipal de São Caetano), a partir das 8h30. As inscrições já podem ser feitas no site da Prefeitura (www.saocaetanodosul.sp.gov.br) até segunda-feira. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PT de Sto.André é condenado na Justiça

Raphael Rocha

28/11/2018 | 07:00


O PT se coloca como partido de defesa dos trabalhadores e é uma das legendas na linha de frente nas críticas à reforma trabalhista promovida pelo presidente Michel Temer (MDB). Porém, em Santo André, a sigla foi condenada por irregularidade trabalhista. Um ex-funcionário do diretório andreense moveu ação contra o PT, alegando que era recepcionista, motorista e telefonista, mas que não teve a carteira assinada neste período. A Justiça trabalhista deu ganho de causa ao ex-funcionário e determinou que o PT pagasse R$ 40 mil em indenização. A ação incluiu também o deputado estadual Luiz Turco (PT) e o ex-secretário Carlos Sanches, o Carlão (PT), já que o rapaz alegou que se reportava a ele dentro do diretório. Atual presidente do PT de Santo André, José Paulo Nogueira avisou que o corpo jurídico da legenda ingressará com recurso contra a decisão de primeira instância.

BASTIDORES

Fim do prazo
Terminou ontem o prazo estabelecido pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para que candidatos que disputaram o pleito de outubro retirem das ruas as propagandas eleitorais. O artigo 115 da resolução 23.551/2017 diz que “os responsáveis pela propaganda que desrespeitarem essa regra estarão sujeitos às consequências previstas na legislação comum aplicável”, como multa.

Credenciou
O vereador Ronaldo Lacerda (PT), de Diadema, já avisou correligionários que colocará o nome para concorrer à Prefeitura em 2020. Se houver prévias, quer disputar. Pessoas próximas ao parlamentar dizem que sua votação na cidade (12,5 mil votos só em Diadema) credencia o vereador a buscar voos maiores. Ele está no segundo mandato na Casa.

Retorno
O prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), definiu o substituto de Márcio Canuto (PSDB), exonerado da Secretaria de Meio Ambiente. O socialista publicou a contratação de Temístocles Cristófaro para comandar a Pasta. Ex-secretário em Ribeirão Pires – durante o governo de Clóvis Volpi (Patriota), Cristófaro estava no primeiro escalão da gestão interina de Alaíde Damo (MDB) em Mauá.

De olho
A situação jurídica de Mário Maurici Lima de Moraes (PT), ex-prefeito de Franco da Rocha, ex-secretário de Santo André e deputado estadual eleito, tem gerado expectativa no PSDB. Maurici teve sua candidatura contestada pelo Ministério Público, questionamento esse considerado válido pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Embora esteja recorrendo, há risco de o petista não tomar posse. Dentro do corpo jurídico do tucanato há tese de que, se anulados os 74.254 votos de Maurici, haverá redistribuição de cadeiras e Patrícia Bezerra (PSDB) herdaria a vaga.

Condenação
Ex-prefeito de Ribeirão Pires, Saulo Benevides (MDB) ganhou, na Justiça, ação movida contra organizadores do grupo Pensar Ribeirão Pires, do Facebook. O emedebista reclamou de notícia contra ele – Saulo disse ser fake news – publicada na rede social e que não foi retirada pela página. A Justiça entendeu que os moderadores do grupo deveriam ter excluído o conteúdo, mesmo não sendo autores da postagem. Os responsáveis pela página fazem vaquinha virtual para quitar a multa de R$ 20 mil.

Evento
Na quarta-feira, São Caetano promove o 2º Seminário Integridade na Administração Pública e a 4ª Reunião Técnica da Rede Paulista de Controladorias, para debater, em especial, mecanismos de combate à corrupção dentro de órgãos públicos. As atividades acontecem no campus Centro da USCS (Universidade Municipal de São Caetano), a partir das 8h30. As inscrições já podem ser feitas no site da Prefeitura (www.saocaetanodosul.sp.gov.br) até segunda-feira. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;