Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Audiência sobre o transporte de Sto.André fica para fevereiro

Encontro organizado pela Câmara pretende discutir, entre outros temas, a gratuidade


Daniel Macário
Do Diário do Grande ABC

28/11/2018 | 07:00


 Mesmo sob pressão de vereadores para que a discussão fosse feita antes do recesso parlamentar, a audiência pública para debater o futuro do transporte público de Santo André só será realizada em 2019. Considerado importante até mesmo para pautar propostas de interessados na concessão de ônibus que circulam na Vila Luzita, cuja abertura será no dia 21 do próximo mês, o debate precisou ser reagendado devido às fortes chuvas que atingiram a região na sexta-feira passada.

Requerimento aprovado na sessão de ontem do Legislativo programou para o dia 11 de fevereiro a audiência pública onde especialistas da área e representantes da sociedade irão discorrer sobre série de temas envolvendo os anseios de empresários, trabalhadores e usuários do sistema municipal de transporte andreense.

A espera de mais de dois meses para a realização do evento causou a insatisfação de integrantes da Casa. Responsável pela convocação da audiência, o vereador Willians Bezerra (PT) destacou prejuízos significativos com a postergação do encontro para 2019 com relação a possível perda de sugestões da sociedade em relação ao edital da Vila Luzita. A expectativa é a de que interessados na concorrência apresentem propostas até o próximo mês (leia mais abaixo).

“(A audiência) Contribuiria para uma melhor discussão em relação aos trabalhadores, melhor discussão com os usuários, mas infelizmente o rito da Câmara não permite (a realização da audiência este ano)”, afirmou o vereador ao citar a restrição do Legislativo em realizar o encontro durante o recesso parlamentar, que terá início na próxima semana, após a última sessão do dia 4.

Além do debate sobre o futuro das linhas da Vila Luzita, ainda estão previstos para serem discutidos na audiência temas como a revisão da gratuidade concedida aos usuários, que é concedida a 37% dos passageiros, segundo informações da Aesa (Associação das Empresas do Sistema de Transporte de Santo André).

 

Propostas para a Vila Luzita serão abertas em 21 de dezembro

 

A Prefeitura de Santo André, por meio da SATrans (autarquia responsável pelo transporte municipal da cidade), prevê para o dia 21 de dezembro a abertura de propostas a serem encaminhadas por empresas ou consórcios interessados em operar pelos próximos 20 anos o sistema de linhas municipais que atende a região da Vila Luzita.

Suspenso em julho pelo Ministério Público, o certame foi retomado no início do mês, com previsão de término ainda no primeiro semestre de 2019 com renovação total da frota de veículos que circulam na região.

O edital, que possui cerca de 250 páginas, prevê exigências como a requalificação do Terminal da Vila Luzita, com recuperação das calçadas e adequações de acessibilidade, além de reforma das estações existentes no corredor da Avenida Capitão Mário Toledo de Camargo.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Audiência sobre o transporte de Sto.André fica para fevereiro

Encontro organizado pela Câmara pretende discutir, entre outros temas, a gratuidade

Daniel Macário
Do Diário do Grande ABC

28/11/2018 | 07:00


 Mesmo sob pressão de vereadores para que a discussão fosse feita antes do recesso parlamentar, a audiência pública para debater o futuro do transporte público de Santo André só será realizada em 2019. Considerado importante até mesmo para pautar propostas de interessados na concessão de ônibus que circulam na Vila Luzita, cuja abertura será no dia 21 do próximo mês, o debate precisou ser reagendado devido às fortes chuvas que atingiram a região na sexta-feira passada.

Requerimento aprovado na sessão de ontem do Legislativo programou para o dia 11 de fevereiro a audiência pública onde especialistas da área e representantes da sociedade irão discorrer sobre série de temas envolvendo os anseios de empresários, trabalhadores e usuários do sistema municipal de transporte andreense.

A espera de mais de dois meses para a realização do evento causou a insatisfação de integrantes da Casa. Responsável pela convocação da audiência, o vereador Willians Bezerra (PT) destacou prejuízos significativos com a postergação do encontro para 2019 com relação a possível perda de sugestões da sociedade em relação ao edital da Vila Luzita. A expectativa é a de que interessados na concorrência apresentem propostas até o próximo mês (leia mais abaixo).

“(A audiência) Contribuiria para uma melhor discussão em relação aos trabalhadores, melhor discussão com os usuários, mas infelizmente o rito da Câmara não permite (a realização da audiência este ano)”, afirmou o vereador ao citar a restrição do Legislativo em realizar o encontro durante o recesso parlamentar, que terá início na próxima semana, após a última sessão do dia 4.

Além do debate sobre o futuro das linhas da Vila Luzita, ainda estão previstos para serem discutidos na audiência temas como a revisão da gratuidade concedida aos usuários, que é concedida a 37% dos passageiros, segundo informações da Aesa (Associação das Empresas do Sistema de Transporte de Santo André).

 

Propostas para a Vila Luzita serão abertas em 21 de dezembro

 

A Prefeitura de Santo André, por meio da SATrans (autarquia responsável pelo transporte municipal da cidade), prevê para o dia 21 de dezembro a abertura de propostas a serem encaminhadas por empresas ou consórcios interessados em operar pelos próximos 20 anos o sistema de linhas municipais que atende a região da Vila Luzita.

Suspenso em julho pelo Ministério Público, o certame foi retomado no início do mês, com previsão de término ainda no primeiro semestre de 2019 com renovação total da frota de veículos que circulam na região.

O edital, que possui cerca de 250 páginas, prevê exigências como a requalificação do Terminal da Vila Luzita, com recuperação das calçadas e adequações de acessibilidade, além de reforma das estações existentes no corredor da Avenida Capitão Mário Toledo de Camargo.

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;