Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Confiança do consumidor é a maior desde 2015


Wilson Marini

12/11/2018 | 07:00


O Índice de Confiança da Associação Comercial de São Paulo registrou 81 pontos em outubro no Estado, o que representa uma elevação de dez pontos em relação a setembro (71) e de 23 pontos frente a outubro do ano passado (58). De acordo com a entidade, é o maior patamar desde maio de 2015, quando o indicador marcou 86 pontos. A pesquisa foi feita entre 8 e 14 de outubro em todas as regiões do Estado, no intervalo entre o primeiro e o segundo turno das eleições. Os dados da pesquisa de outubro em São Paulo refletem a retomada da indústria, que tem contratado mais, inclusive como mostram os últimos números do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho. Segundo o presidente da Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo), Alencar Burti, outro fator que puxou a confiança no instante da pesquisa foi a realização do primeiro turno das eleições, que diminuiu a incerteza política do eleitorado. A confiança dos brasileiros ficou próxima à de São Paulo, com 82 pontos em outubro, conforme o INC (Índice Nacional de Confiança), também da Associação Comercial.

O olhar do consumidor
O Índice de Confiança de São Paulo registrou melhora da avaliação do consumidor em relação à economia paulista nos próximos seis meses. Em setembro, 19% acreditavam em fortalecimento da economia e em outubro a parcela aumentou para 24%. Sobre avaliação da situação financeira pessoal nos próximos seis meses, em setembro 40% apostavam que melhoraria e, em outubro, eram 45%. Os paulistas estão mais seguros no emprego: em setembro, 59% estavam pouco confiantes e, no mês seguinte, a parcela caiu para 52%. Os que se dizem seguros no emprego passaram de 20% para 24%. Além disso, em setembro, 78% dos entrevistados conheciam alguém que perdeu o emprego nos últimos seis meses e, em outubro, o índice caiu para 73%. Os que não conhecem pessoas nessa situação passaram de 21% para 26%. Por fim, 48% dos paulistas temiam ser demitidos em setembro; em outubro, o índice caiu para 40%. Os que não creem nessa possibilidade somaram 24% e 28% na passagem de um mês para outro.

Serviços em alta
O segmento de serviços do Brasil voltou a crescer em outubro, e com isso registrou-se o primeiro aumento no nível de empregos em mais de três anos e meio, segundo a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

Negócios
O ano de 2019 terá ao menos 14 feiras de negócios a mais do que o realizado em 2018 no País, de acordo com a Ubrafe, a entidade que reúne os promotores desse tipo de evento.

De vento em popa
A RTB Holding Energia, empresa do setor de energia renovável, anunciou projeto para a instalação de uma planta de energia termosolar em Rosana, na região de Presidente Prudente. A iniciativa integra a fonte de geração de energia termosolar ao complexo de energias renováveis da Usina de Porto Primavera, de propriedade da Cesp e possibilitará a realização de pesquisas referentes a fontes energéticas complementares a solar, eólica e hidráulica.

Mercado Livre
O Mercado Livre, do setor de comércio eletrônico, vai ampliar o seu centro de distribuição em Louveira, próximo a Jundiaí, de 17 mil para 51 mil metros quadrados. Serão criadas 1.300 vagas de emprego.

Porto de Santos
A Rumo Logística, operadora ferroviária do Porto de Santos e responsável por um de seus principais terminais açucareiros, planeja investir R$ 6 bilhões entre este ano e 2022, a fim de melhorar as operações férreas no complexo marítimo, segundo A Tribuna. A maior parte dos recursos será destinada à aquisição de locomotivas e vagões e a obras de infraestrutura.

Diplomação dos eleitos
Será dia 18 de dezembro, às 11h, a diplomação dos 172 eleitos no Estado de São Paulo – governador e vice, 70 deputados federais, dois senadores e seus quatro suplentes, e 94 deputados estaduais. A solenidade ocorrerá às 11h na Sala São Paulo, local de concertos que integra o Centro Cultural Júlio Prestes, na antiga estação ferroviária, na Capital.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Confiança do consumidor é a maior desde 2015

Wilson Marini

12/11/2018 | 07:00


O Índice de Confiança da Associação Comercial de São Paulo registrou 81 pontos em outubro no Estado, o que representa uma elevação de dez pontos em relação a setembro (71) e de 23 pontos frente a outubro do ano passado (58). De acordo com a entidade, é o maior patamar desde maio de 2015, quando o indicador marcou 86 pontos. A pesquisa foi feita entre 8 e 14 de outubro em todas as regiões do Estado, no intervalo entre o primeiro e o segundo turno das eleições. Os dados da pesquisa de outubro em São Paulo refletem a retomada da indústria, que tem contratado mais, inclusive como mostram os últimos números do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho. Segundo o presidente da Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo), Alencar Burti, outro fator que puxou a confiança no instante da pesquisa foi a realização do primeiro turno das eleições, que diminuiu a incerteza política do eleitorado. A confiança dos brasileiros ficou próxima à de São Paulo, com 82 pontos em outubro, conforme o INC (Índice Nacional de Confiança), também da Associação Comercial.

O olhar do consumidor
O Índice de Confiança de São Paulo registrou melhora da avaliação do consumidor em relação à economia paulista nos próximos seis meses. Em setembro, 19% acreditavam em fortalecimento da economia e em outubro a parcela aumentou para 24%. Sobre avaliação da situação financeira pessoal nos próximos seis meses, em setembro 40% apostavam que melhoraria e, em outubro, eram 45%. Os paulistas estão mais seguros no emprego: em setembro, 59% estavam pouco confiantes e, no mês seguinte, a parcela caiu para 52%. Os que se dizem seguros no emprego passaram de 20% para 24%. Além disso, em setembro, 78% dos entrevistados conheciam alguém que perdeu o emprego nos últimos seis meses e, em outubro, o índice caiu para 73%. Os que não conhecem pessoas nessa situação passaram de 21% para 26%. Por fim, 48% dos paulistas temiam ser demitidos em setembro; em outubro, o índice caiu para 40%. Os que não creem nessa possibilidade somaram 24% e 28% na passagem de um mês para outro.

Serviços em alta
O segmento de serviços do Brasil voltou a crescer em outubro, e com isso registrou-se o primeiro aumento no nível de empregos em mais de três anos e meio, segundo a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

Negócios
O ano de 2019 terá ao menos 14 feiras de negócios a mais do que o realizado em 2018 no País, de acordo com a Ubrafe, a entidade que reúne os promotores desse tipo de evento.

De vento em popa
A RTB Holding Energia, empresa do setor de energia renovável, anunciou projeto para a instalação de uma planta de energia termosolar em Rosana, na região de Presidente Prudente. A iniciativa integra a fonte de geração de energia termosolar ao complexo de energias renováveis da Usina de Porto Primavera, de propriedade da Cesp e possibilitará a realização de pesquisas referentes a fontes energéticas complementares a solar, eólica e hidráulica.

Mercado Livre
O Mercado Livre, do setor de comércio eletrônico, vai ampliar o seu centro de distribuição em Louveira, próximo a Jundiaí, de 17 mil para 51 mil metros quadrados. Serão criadas 1.300 vagas de emprego.

Porto de Santos
A Rumo Logística, operadora ferroviária do Porto de Santos e responsável por um de seus principais terminais açucareiros, planeja investir R$ 6 bilhões entre este ano e 2022, a fim de melhorar as operações férreas no complexo marítimo, segundo A Tribuna. A maior parte dos recursos será destinada à aquisição de locomotivas e vagões e a obras de infraestrutura.

Diplomação dos eleitos
Será dia 18 de dezembro, às 11h, a diplomação dos 172 eleitos no Estado de São Paulo – governador e vice, 70 deputados federais, dois senadores e seus quatro suplentes, e 94 deputados estaduais. A solenidade ocorrerá às 11h na Sala São Paulo, local de concertos que integra o Centro Cultural Júlio Prestes, na antiga estação ferroviária, na Capital.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;