Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 11 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Reino Unido pede que Coreia do Norte "mude de rumo" em seu programa de armas

 YUI MOK/ASSOCIATED PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ministro britânico, Boris Johnson, solicitou ainda mais avanços para conter a proliferação nucelar



23/10/2017 | 09:18


O ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, Boris Johnson, pediu que a Coreia do Norte "mude de rumo" e se envolva na arena diplomática para solucionar a crise em relação a suas ambições nucleares e seu programa de mísseis. Ele disse, porém, que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, está correto ao deixar a opção militar em aberto para lidar com o tema.

Em discurso em Londres nesta segunda-feira, Johnson disse que os EUA ofereceram corretamente "garantias sensíveis" a Pyongyang de que não buscará uma mudança de regime nem fará uma invasão. Mas ele disse que Trump tem "o dever absoluto de se preparar para qualquer ação" a fim de manter os americanos e seus aliados em segurança.

Johnson disse que o acordo nuclear com o Irã é uma evidência de que a diplomacia pode funcionar e também que está confiante de que ele irá sobreviver, mesmo com a oposição do presidente americano.

O ministro britânico pediu ainda mais avanços para conter a proliferação nucelar. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Reino Unido pede que Coreia do Norte "mude de rumo" em seu programa de armas

Ministro britânico, Boris Johnson, solicitou ainda mais avanços para conter a proliferação nucelar


23/10/2017 | 09:18


O ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, Boris Johnson, pediu que a Coreia do Norte "mude de rumo" e se envolva na arena diplomática para solucionar a crise em relação a suas ambições nucleares e seu programa de mísseis. Ele disse, porém, que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, está correto ao deixar a opção militar em aberto para lidar com o tema.

Em discurso em Londres nesta segunda-feira, Johnson disse que os EUA ofereceram corretamente "garantias sensíveis" a Pyongyang de que não buscará uma mudança de regime nem fará uma invasão. Mas ele disse que Trump tem "o dever absoluto de se preparar para qualquer ação" a fim de manter os americanos e seus aliados em segurança.

Johnson disse que o acordo nuclear com o Irã é uma evidência de que a diplomacia pode funcionar e também que está confiante de que ele irá sobreviver, mesmo com a oposição do presidente americano.

O ministro britânico pediu ainda mais avanços para conter a proliferação nucelar. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;