Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 2 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Farmácia-escola da USCS é reinaugurada

André Henriques/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Programa deve beneficiar 2.000 pessoas por mês com o fornecimento gratuito de cinco medicamentos


Bia Moço
Especial para o Diário

06/07/2017 | 07:00


Atualizada às 17h39

Parceria entre Prefeitura de São Caetano e a USCS (Universidade Municipal de São Caetano) resultou na reinauguração da FarmaUSCS, farmácia-escola da instituição de Ensino Superior que deve beneficiar 2.000 pessoas por mês com o fornecimento de, inicialmente, cinco tipos de medicamentos gratuitamente. A farmácia estava fechada desde 2014, por decisão do governo anterior, do prefeito Paulo Pinheiro (PMDB). O objetivo é ampliar a assistência farmacêutica por meio da manipulação de determinados medicamentos, além de oferecer orientação.

O prefeito José Auricchio Júnior (PSDB), que também é médico, ressalta que o projeto é bastante conhecido pela população, tendo em vista que existe há 14 anos. “Estamos em uma nova fase. A farmácia mudou de prédio e está no campus da universidade, com integração maior.”

Ainda segundo o chefe do Executivo, a farmácia-escola não é proposta alternativa à Farmácia Popular (projeto encerrado pelo governo federal na sexta-feira), mas sim como projeto que vem para somar. “O fato é que nenhuma universidade, pública ou privada, tem farmácia aberta à população. Elas atendem comunidade interna, onde os alunos fazem (medicamentos) para aprender. Aqui, temos uma em escala comercial, e fomentada pela Prefeitura acaba tendo uma sinergia com a rede farmacêutica pública. É um modelo único.”

A FarmaUSCS havia sido inaugurada em 2003, na gestão Luiz Olinto Tortorello, quando Auricchio era diretor de Saúde. O projeto retoma as atividades justamente no momento em o governo federal decide descontinuar o Farmácia Popular, programa de distribuição de medicamentos que na região mantinha dez endereços em cinco cidades. Porém, a farmácia-escola não poder ser comparada ao programa da União, sobretudo porque a lista de remédios disponibilizados é totalmente diferente, tanto nos tipos quanto na quantidade.

Segundo a Prefeitura de São Caetano, nos anos de funcionamento, a FarmaUSCS realizou número superior a 230 mil atendimentos, tendo produzido mais de 20 milhões de unidades de medicamentos. A farmácia-escola realiza média de 100 atendimentos por dia, de segunda a sexta-feira. A capacidade de produção de medicamentos é de 60.000 unidades, entre cápsulas e outros tipos.

O atendimento na nova unidade é de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. O novo endereço da farmácia é Rua Santo Antônio, 50, no Campus Centro da universidade. Moradores de São Caetano podem utilizar o serviço apresentando prescrição de medicamento fornecida por médicos das redes pública ou privada.

Os principais medicamentos oferecidos pela FarmaUSCS são ciprofibrato, que trata hipertrigliceridemia e hiperlipidemia; vitamina D em gotas, indicado para deficiência vitamínica; ginkgo biloba, utilizado para memória e circulação sanguínea; sulfato de glicosamina + sulfato de condroitina, para cartilagem das articulações; ácidos graxos, usado no tratamento de feridas. Outros medicamentos serão incluídos após análise dos estudos financeiros. A proposta é trabalhar com um número restrito entre oito e 10 tipos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Farmácia-escola da USCS é reinaugurada

Programa deve beneficiar 2.000 pessoas por mês com o fornecimento gratuito de cinco medicamentos

Bia Moço
Especial para o Diário

06/07/2017 | 07:00


Atualizada às 17h39

Parceria entre Prefeitura de São Caetano e a USCS (Universidade Municipal de São Caetano) resultou na reinauguração da FarmaUSCS, farmácia-escola da instituição de Ensino Superior que deve beneficiar 2.000 pessoas por mês com o fornecimento de, inicialmente, cinco tipos de medicamentos gratuitamente. A farmácia estava fechada desde 2014, por decisão do governo anterior, do prefeito Paulo Pinheiro (PMDB). O objetivo é ampliar a assistência farmacêutica por meio da manipulação de determinados medicamentos, além de oferecer orientação.

O prefeito José Auricchio Júnior (PSDB), que também é médico, ressalta que o projeto é bastante conhecido pela população, tendo em vista que existe há 14 anos. “Estamos em uma nova fase. A farmácia mudou de prédio e está no campus da universidade, com integração maior.”

Ainda segundo o chefe do Executivo, a farmácia-escola não é proposta alternativa à Farmácia Popular (projeto encerrado pelo governo federal na sexta-feira), mas sim como projeto que vem para somar. “O fato é que nenhuma universidade, pública ou privada, tem farmácia aberta à população. Elas atendem comunidade interna, onde os alunos fazem (medicamentos) para aprender. Aqui, temos uma em escala comercial, e fomentada pela Prefeitura acaba tendo uma sinergia com a rede farmacêutica pública. É um modelo único.”

A FarmaUSCS havia sido inaugurada em 2003, na gestão Luiz Olinto Tortorello, quando Auricchio era diretor de Saúde. O projeto retoma as atividades justamente no momento em o governo federal decide descontinuar o Farmácia Popular, programa de distribuição de medicamentos que na região mantinha dez endereços em cinco cidades. Porém, a farmácia-escola não poder ser comparada ao programa da União, sobretudo porque a lista de remédios disponibilizados é totalmente diferente, tanto nos tipos quanto na quantidade.

Segundo a Prefeitura de São Caetano, nos anos de funcionamento, a FarmaUSCS realizou número superior a 230 mil atendimentos, tendo produzido mais de 20 milhões de unidades de medicamentos. A farmácia-escola realiza média de 100 atendimentos por dia, de segunda a sexta-feira. A capacidade de produção de medicamentos é de 60.000 unidades, entre cápsulas e outros tipos.

O atendimento na nova unidade é de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. O novo endereço da farmácia é Rua Santo Antônio, 50, no Campus Centro da universidade. Moradores de São Caetano podem utilizar o serviço apresentando prescrição de medicamento fornecida por médicos das redes pública ou privada.

Os principais medicamentos oferecidos pela FarmaUSCS são ciprofibrato, que trata hipertrigliceridemia e hiperlipidemia; vitamina D em gotas, indicado para deficiência vitamínica; ginkgo biloba, utilizado para memória e circulação sanguínea; sulfato de glicosamina + sulfato de condroitina, para cartilagem das articulações; ácidos graxos, usado no tratamento de feridas. Outros medicamentos serão incluídos após análise dos estudos financeiros. A proposta é trabalhar com um número restrito entre oito e 10 tipos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;