Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

S.Bernardo terá um vice diferente, diz Marcelo

Ricardo Trida/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Leandro Baldini
Diário do Grande ABC

14/11/2016 | 07:00


Vice-prefeito eleito em São Bernardo, o vereador Marcelo Lima (SD) assegura papel de comprometimento e trabalho presente na cidade, independentemente de ser alçado ao primeiro escalão do prefeito eleito, Orlando Morando (PSDB).

O discurso do vereador foi em tom crítico ao atual detentor da vaga de número dois na cidade, o músico Frank Aguiar (PRB), que nos oito anos de gestão do prefeito Luiz Marinho (PT) protagonizou atuação com constantes críticas, justamente por pouca aparição em agendas pública. Prestes a completar oito anos na função, o artista jamais deixou de conciliar carreira artística com a política.

Vereador por dois mandatos no bloco da oposição, Marcelo integrou grupo que questionou a condução de Frank no papel de vice. “São Bernardo terá um vice diferente, partindo do meu compromisso estar atrelado ao projeto único do Orlando. Sempre fui acostumado a muito trabalho e a uma rotina de estar presente nas ruas da cidade. Há especulações da minha ida ao secretariado, porém, mesmo não indo farei uma ação intensa para ajudar a governar”, destacou. Logo após vencer a disputa contra o deputado federal Alex Manente (PPS), Morando admitiu que seu companheiro deve ocupar titularidade em uma das Pastas da gestão – Serviços Urbanos é um destino especulado para o parlamentar do Solidariedade.

Marcelo confirmou que o trabalho pós-vitória tem sido no diálogo pela construção da equipe de governo. Assegurou que a conversa em torno dos nomes está sendo feita de maneira tranquila. “Estamos em boa sintonia para debater essa formatação dos secretários. Porém, o principal é focar com o plano de governo que defendemos nas ruas. Isso é uma certeza entre as nossas prioridades”, pontuou.

Depois de duas legislaturas pelo PPS, Marcelo migrou ao Solidariedade em março, durante abertura da janela política. Na ocasião, lançou pré-candidatura ao Paço, retirando meses depois para firmar adesão com Morando para a disputa pelo Paço. Antes disso, em 2014, concorreu ao cargo de deputado estadual, recebendo 35.061 votos no total, sendo 26.348 deles em São Bernardo. “Meu projeto é agora no Paço, auxiliando a governabilidade. Quero muito atuar no diálogo entre o Legislativo e o Executivo. Não penso em mais nada agora”, afirmou o futuro número dois da Prefeitura.

Ao longo da história, o último vice-prefeito a ter êxito em projeto mais ambicioso na política foi William Dib (sem partido). Após assumir o Executivo em 2003, com a renúncia de Mauricio Soares (PHS) – à época alegou problemas de saúde –, obteve a reeleição em 2004 e depois se elegeu deputado federal no pleito de 2010.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

S.Bernardo terá um vice diferente, diz Marcelo

Leandro Baldini
Diário do Grande ABC

14/11/2016 | 07:00


Vice-prefeito eleito em São Bernardo, o vereador Marcelo Lima (SD) assegura papel de comprometimento e trabalho presente na cidade, independentemente de ser alçado ao primeiro escalão do prefeito eleito, Orlando Morando (PSDB).

O discurso do vereador foi em tom crítico ao atual detentor da vaga de número dois na cidade, o músico Frank Aguiar (PRB), que nos oito anos de gestão do prefeito Luiz Marinho (PT) protagonizou atuação com constantes críticas, justamente por pouca aparição em agendas pública. Prestes a completar oito anos na função, o artista jamais deixou de conciliar carreira artística com a política.

Vereador por dois mandatos no bloco da oposição, Marcelo integrou grupo que questionou a condução de Frank no papel de vice. “São Bernardo terá um vice diferente, partindo do meu compromisso estar atrelado ao projeto único do Orlando. Sempre fui acostumado a muito trabalho e a uma rotina de estar presente nas ruas da cidade. Há especulações da minha ida ao secretariado, porém, mesmo não indo farei uma ação intensa para ajudar a governar”, destacou. Logo após vencer a disputa contra o deputado federal Alex Manente (PPS), Morando admitiu que seu companheiro deve ocupar titularidade em uma das Pastas da gestão – Serviços Urbanos é um destino especulado para o parlamentar do Solidariedade.

Marcelo confirmou que o trabalho pós-vitória tem sido no diálogo pela construção da equipe de governo. Assegurou que a conversa em torno dos nomes está sendo feita de maneira tranquila. “Estamos em boa sintonia para debater essa formatação dos secretários. Porém, o principal é focar com o plano de governo que defendemos nas ruas. Isso é uma certeza entre as nossas prioridades”, pontuou.

Depois de duas legislaturas pelo PPS, Marcelo migrou ao Solidariedade em março, durante abertura da janela política. Na ocasião, lançou pré-candidatura ao Paço, retirando meses depois para firmar adesão com Morando para a disputa pelo Paço. Antes disso, em 2014, concorreu ao cargo de deputado estadual, recebendo 35.061 votos no total, sendo 26.348 deles em São Bernardo. “Meu projeto é agora no Paço, auxiliando a governabilidade. Quero muito atuar no diálogo entre o Legislativo e o Executivo. Não penso em mais nada agora”, afirmou o futuro número dois da Prefeitura.

Ao longo da história, o último vice-prefeito a ter êxito em projeto mais ambicioso na política foi William Dib (sem partido). Após assumir o Executivo em 2003, com a renúncia de Mauricio Soares (PHS) – à época alegou problemas de saúde –, obteve a reeleição em 2004 e depois se elegeu deputado federal no pleito de 2010.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;