Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Após escândalo, presidente da Coreia do Sul nomeia novo premiê

AP Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Movimento é tentativa de conter escândalo
sobre influência de pessoa próxima ao governo



02/11/2016 | 00:11


A presidente sul-coreana, Park Geun-hye, nomeou um novo primeiro-ministro e dois outros membros do gabinete, em um movimento para tentar conter um escândalo sobre a influencia de uma pessoa próxima a ela nos assuntos do governo.

Park tem estado sob crescente pressão após ter se desculpado na semana passada por deixar uma amiga ajudá-la a preparar seus discursos no começo do mandado. As reportagens da imprensa sul-coreana ainda dizem que a amiga, Choi Soon-sil, estava profundamente envolvida em questões políticas, mesmo não tendo um papel oficial no governo.

Choi, de 60 anos, negou qualquer influência no governo, em uma entrevista concedida a um jornal. Ela foi detida por procuradores nesta segunda-feira por questionar. Choi também está sendo investigada por corrupção em duas fundações de caridade.

A popularidade de Park despencou após as acusações. Ela não falou publicamente sobre o escândalo desde que se desculpou. Nesta quarta-feira, Pak nomeou Kim Byong-joon, um assessor do ex-presidente Roh Moo-hyun, como primeiro-ministro, de acordo com um comunicado do gabinete presidencial.

Park também nomeou Yim Jong-yong como ministro das Finanças e anunciou um nove chefe para Segurança Pública. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Após escândalo, presidente da Coreia do Sul nomeia novo premiê

Movimento é tentativa de conter escândalo
sobre influência de pessoa próxima ao governo


02/11/2016 | 00:11


A presidente sul-coreana, Park Geun-hye, nomeou um novo primeiro-ministro e dois outros membros do gabinete, em um movimento para tentar conter um escândalo sobre a influencia de uma pessoa próxima a ela nos assuntos do governo.

Park tem estado sob crescente pressão após ter se desculpado na semana passada por deixar uma amiga ajudá-la a preparar seus discursos no começo do mandado. As reportagens da imprensa sul-coreana ainda dizem que a amiga, Choi Soon-sil, estava profundamente envolvida em questões políticas, mesmo não tendo um papel oficial no governo.

Choi, de 60 anos, negou qualquer influência no governo, em uma entrevista concedida a um jornal. Ela foi detida por procuradores nesta segunda-feira por questionar. Choi também está sendo investigada por corrupção em duas fundações de caridade.

A popularidade de Park despencou após as acusações. Ela não falou publicamente sobre o escândalo desde que se desculpou. Nesta quarta-feira, Pak nomeou Kim Byong-joon, um assessor do ex-presidente Roh Moo-hyun, como primeiro-ministro, de acordo com um comunicado do gabinete presidencial.

Park também nomeou Yim Jong-yong como ministro das Finanças e anunciou um nove chefe para Segurança Pública. Fonte: Dow Jones Newswires.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;