Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Frank assume, mas não desmarca shows

Em último ato político em S.Bernardo, vice diz que vai conciliar mês como prefeito e agenda


Leandro Baldini
Do Diário do Grande ABC

05/09/2016 | 07:00


Empossado na quinta-feira como prefeito de São Bernardo para os próximos 30 dias, em substituição a Luiz Marinho (PT), que tirou férias para ajudar campanha eleitoral do prefeiturável do PT, o ex-secretário Tarcisio Secoli, Frank Aguiar (PRB) anunciou que irá conciliar trabalho no Executivo com carreira artística, assegurando que a agenda de shows não irá interferir no cotidiano de expediente no Paço.

O artista é alvo constante de críticas por parte da oposição, sob alegação de pouco comprometimento com o município. Em seus últimos atos como político de São Bernardo, Frank adotou discurso de trabalho duro, principalmente para a fiscalização de projetos e obras em andamento.

“Poucos minutos depois que fui empossado (como prefeito em exercício), traçamos uma agenda completa de trabalho no município, que consiste em acompanhar de perto tudo o que está ocorrendo em São Bernardo. A prioridade foi ter um detalhamento de todos os serviços e programas. O que fico feliz em ver é que tudo está fluindo dentro do previsto. Tem muita coisa que vamos entregar até o fim do ano. Dentro disso, tem os meus shows, a maioria aos fim de semana. E, com certeza, não vai prejudicar em nada”, argumentou o agora republicano.

Na função de vice desde 2009, Frank confirmou que se despede da vida política de São Bernardo após 31 de dezembro, quando termina o mandato. Reforçou que o futuro deverá ser representando seu Estado, o Piauí. No fim do ano passado, trocou o PMDB pelo PRB e já transferiu o domicílio eleitoral para o município nordestino. Ele quer ser candidato ao Senado, em 2018.

“Aqui, politicamente, acabou a minha história. Sinto que minha contribuição foi dada e busquei fazer tudo da melhor maneira. Não sei ao certo como será o meu futuro ainda. Penso em me mudar de vez e disputar uma vaga de senador pelo meu Estado. Porém, ainda vou definir tudo isso”, acrescentou.

Esta é a oitava vez em que o Cãozinho dos Teclados assume a titularidade da Prefeitura de São Bernardo, registrando desta vez, o maior tempo de exercício. Nas oportunidades anteriores, o maior período foi 15 dias, o que geralmente ocorria durante época de Natal e fim de ano.

Famoso como cantor de forró, Frank começou a vida política em 2006, quando se elegeu deputado federal. Foi eleito com 144.797 votos. O mandato, contudo, foi interrompido em 2008, pois foi convencido pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) a compor a chapa petista em São Bernardo, para popularizar a campanha de Marinho.

Vencedor no pleito municipal, concorreu em 2010 novamente à vaga no Congresso, mas, na ocasião, sem sucesso. Reeleito como vice em 2012, tentou novamente concorrer à Câmara Federal dois anos depois, mas novamente fracassou.

Na Prefeitura, sua passagem foi marcada por algumas polêmicas. Uma delas foi denunciada no ano passado, em reportagem do Diário que mostrou que o cantor não dava expediente na Prefeitura há pelo menos três meses. No período, assumiu apresentação de programa de TV, no Piauí. O cantor negou ausência em São Bernardo e garantiu que conciliava a carreira. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Frank assume, mas não desmarca shows

Em último ato político em S.Bernardo, vice diz que vai conciliar mês como prefeito e agenda

Leandro Baldini
Do Diário do Grande ABC

05/09/2016 | 07:00


Empossado na quinta-feira como prefeito de São Bernardo para os próximos 30 dias, em substituição a Luiz Marinho (PT), que tirou férias para ajudar campanha eleitoral do prefeiturável do PT, o ex-secretário Tarcisio Secoli, Frank Aguiar (PRB) anunciou que irá conciliar trabalho no Executivo com carreira artística, assegurando que a agenda de shows não irá interferir no cotidiano de expediente no Paço.

O artista é alvo constante de críticas por parte da oposição, sob alegação de pouco comprometimento com o município. Em seus últimos atos como político de São Bernardo, Frank adotou discurso de trabalho duro, principalmente para a fiscalização de projetos e obras em andamento.

“Poucos minutos depois que fui empossado (como prefeito em exercício), traçamos uma agenda completa de trabalho no município, que consiste em acompanhar de perto tudo o que está ocorrendo em São Bernardo. A prioridade foi ter um detalhamento de todos os serviços e programas. O que fico feliz em ver é que tudo está fluindo dentro do previsto. Tem muita coisa que vamos entregar até o fim do ano. Dentro disso, tem os meus shows, a maioria aos fim de semana. E, com certeza, não vai prejudicar em nada”, argumentou o agora republicano.

Na função de vice desde 2009, Frank confirmou que se despede da vida política de São Bernardo após 31 de dezembro, quando termina o mandato. Reforçou que o futuro deverá ser representando seu Estado, o Piauí. No fim do ano passado, trocou o PMDB pelo PRB e já transferiu o domicílio eleitoral para o município nordestino. Ele quer ser candidato ao Senado, em 2018.

“Aqui, politicamente, acabou a minha história. Sinto que minha contribuição foi dada e busquei fazer tudo da melhor maneira. Não sei ao certo como será o meu futuro ainda. Penso em me mudar de vez e disputar uma vaga de senador pelo meu Estado. Porém, ainda vou definir tudo isso”, acrescentou.

Esta é a oitava vez em que o Cãozinho dos Teclados assume a titularidade da Prefeitura de São Bernardo, registrando desta vez, o maior tempo de exercício. Nas oportunidades anteriores, o maior período foi 15 dias, o que geralmente ocorria durante época de Natal e fim de ano.

Famoso como cantor de forró, Frank começou a vida política em 2006, quando se elegeu deputado federal. Foi eleito com 144.797 votos. O mandato, contudo, foi interrompido em 2008, pois foi convencido pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) a compor a chapa petista em São Bernardo, para popularizar a campanha de Marinho.

Vencedor no pleito municipal, concorreu em 2010 novamente à vaga no Congresso, mas, na ocasião, sem sucesso. Reeleito como vice em 2012, tentou novamente concorrer à Câmara Federal dois anos depois, mas novamente fracassou.

Na Prefeitura, sua passagem foi marcada por algumas polêmicas. Uma delas foi denunciada no ano passado, em reportagem do Diário que mostrou que o cantor não dava expediente na Prefeitura há pelo menos três meses. No período, assumiu apresentação de programa de TV, no Piauí. O cantor negou ausência em São Bernardo e garantiu que conciliava a carreira. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;