Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 1 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Fumar não compensa



03/06/2011 | 00:00



Pesquisa desenvolvida por cientistas da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, revelou, recentemente, que o fumo aumenta o risco de sinusite. De acordo com o estudo, pessoas que fumam 11 ou mais cigarros por dia têm 16% mais chances de desenvolverem sinusite do que os não-fumantes.

A sinusite é a inflamação das mucosas dos seis da face, região do crânio formada por cavidades ósseas ao redor do nariz, maças do rosto e olhos. Ela pode ser provocada por bactérias, vírus ou fungos ou ainda surgir como conseqüência de alguma alergia.

A pesquisa mostrou ainda que algumas substâncias encontradas no tabaco podem aumentar o risco de sinusite por afetarem o nariz e suas secreções. O levantamento foi feito com cerca de 20 mil norte-americanos, com idade mínima de 17 anos. Naquele país, a sinusite afeta 35% da população.

Os cientistas ainda descobriram que os fumantes passivos não correm risco, mas alertam as pessoas que têm sinusite evitar ficarem próximas de fumantes.

Por Solange Bagdadi



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Fumar não compensa


03/06/2011 | 00:00



Pesquisa desenvolvida por cientistas da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, revelou, recentemente, que o fumo aumenta o risco de sinusite. De acordo com o estudo, pessoas que fumam 11 ou mais cigarros por dia têm 16% mais chances de desenvolverem sinusite do que os não-fumantes.

A sinusite é a inflamação das mucosas dos seis da face, região do crânio formada por cavidades ósseas ao redor do nariz, maças do rosto e olhos. Ela pode ser provocada por bactérias, vírus ou fungos ou ainda surgir como conseqüência de alguma alergia.

A pesquisa mostrou ainda que algumas substâncias encontradas no tabaco podem aumentar o risco de sinusite por afetarem o nariz e suas secreções. O levantamento foi feito com cerca de 20 mil norte-americanos, com idade mínima de 17 anos. Naquele país, a sinusite afeta 35% da população.

Os cientistas ainda descobriram que os fumantes passivos não correm risco, mas alertam as pessoas que têm sinusite evitar ficarem próximas de fumantes.

Por Solange Bagdadi

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;