Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 12 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Aquecimento para a 5ª Bienal


Sara Saar
Do Diário do Grande ABC

06/11/2010 | 07:00


Enquanto aguardam a abertura da 5ª Bienal de Gravura de Santo André, prevista para o dia 18 no Salão de Exposições do Paço, amantes das artes visuais podem conferir mostras de aquecimento, que preenchem diferentes espaços da cidade.

Já em cartaz, na Casa da Palavra (Praça do Carmo, 171. Tel.: 4992-7218), a exposição Dumas Gráfico tem trabalhos de Dumas Seixas, de São Bernardo, que mescla materiais e técnicas a fim de promover o diálogo entre as artes gráfica e plástica.

Com abertura prevista para quarta-feira, às 19h30, a exposição Valdeck de Garanhuns ocupará o Espaço Gambalaia (Rua das Monções, 1.018. Tel.: 4316-1726). Na mostra, xilogravuras produzidas pelo gravador pernambucano retratam o folclore nordestino.

No dia seguinte, no mesmo horário, a Casa do Olhar Luiz Sacilotto (Rua Campos Salles, 414. Tel.: 4992- 7730) hospedará Expoentes da Gravura, composta pelo acervo pessoal do artista Roberto Gyarfi.

De São Bernardo, Lourdes Sakotani ainda levará xilogravuras à Câmara Municipal (Praça 4º Centenário. Tel.: 3429-5800), a partir do dia 17. Nas telas, representa transformações da natureza, sejam consequência natural ou resultado da presença humana. "Quero despertar a consciência do público para a preservação", frisa Lourdes.

Já Epopéia Paulista exibe matrizes de painel produzido pela gravurista Maria Bonomi para a Estação da Luz. A mostra ocupa, a partir do dia 25, a Sabina Escola Parque do Conhecimento (Rua Juquiá. Tel.: 4422-2000).

Também vale conferir a exposição Mestre Jerônimo, que será hospedada na Livraria Alpharrabio (Rua Eduardo Monteiro, 151. Tel.: 4438-4358), a partir do dia 26. O artista paraibano, que vive há mais de 30 anos em Diadema, encanta o público com as imagens que talha manualmente nas madeiras.

A paranaense Regina Drozina ainda abrirá, no dia seguinte, mostra homônima no Centro de Referência do Semasa (Rua José Caballero, 143. Tel.: 4433-9794). Mulher de Valdeck, ela desponta no cenário das artes plásticas. Inspirada na cultura popular brasileira, faz xilogravuras e outros trabalhos como esculturas.

Todas as exposições poderão ser conferidas até 15 de janeiro, com entrada gratuita.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Aquecimento para a 5ª Bienal

Sara Saar
Do Diário do Grande ABC

06/11/2010 | 07:00


Enquanto aguardam a abertura da 5ª Bienal de Gravura de Santo André, prevista para o dia 18 no Salão de Exposições do Paço, amantes das artes visuais podem conferir mostras de aquecimento, que preenchem diferentes espaços da cidade.

Já em cartaz, na Casa da Palavra (Praça do Carmo, 171. Tel.: 4992-7218), a exposição Dumas Gráfico tem trabalhos de Dumas Seixas, de São Bernardo, que mescla materiais e técnicas a fim de promover o diálogo entre as artes gráfica e plástica.

Com abertura prevista para quarta-feira, às 19h30, a exposição Valdeck de Garanhuns ocupará o Espaço Gambalaia (Rua das Monções, 1.018. Tel.: 4316-1726). Na mostra, xilogravuras produzidas pelo gravador pernambucano retratam o folclore nordestino.

No dia seguinte, no mesmo horário, a Casa do Olhar Luiz Sacilotto (Rua Campos Salles, 414. Tel.: 4992- 7730) hospedará Expoentes da Gravura, composta pelo acervo pessoal do artista Roberto Gyarfi.

De São Bernardo, Lourdes Sakotani ainda levará xilogravuras à Câmara Municipal (Praça 4º Centenário. Tel.: 3429-5800), a partir do dia 17. Nas telas, representa transformações da natureza, sejam consequência natural ou resultado da presença humana. "Quero despertar a consciência do público para a preservação", frisa Lourdes.

Já Epopéia Paulista exibe matrizes de painel produzido pela gravurista Maria Bonomi para a Estação da Luz. A mostra ocupa, a partir do dia 25, a Sabina Escola Parque do Conhecimento (Rua Juquiá. Tel.: 4422-2000).

Também vale conferir a exposição Mestre Jerônimo, que será hospedada na Livraria Alpharrabio (Rua Eduardo Monteiro, 151. Tel.: 4438-4358), a partir do dia 26. O artista paraibano, que vive há mais de 30 anos em Diadema, encanta o público com as imagens que talha manualmente nas madeiras.

A paranaense Regina Drozina ainda abrirá, no dia seguinte, mostra homônima no Centro de Referência do Semasa (Rua José Caballero, 143. Tel.: 4433-9794). Mulher de Valdeck, ela desponta no cenário das artes plásticas. Inspirada na cultura popular brasileira, faz xilogravuras e outros trabalhos como esculturas.

Todas as exposições poderão ser conferidas até 15 de janeiro, com entrada gratuita.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;